ago 29

Visa busca startups do setor para programa de inovação aberta

Visa está em busca de startups inovadoras para criar soluções e serviços, além de gerar possíveis parcerias e investimentos. Como parte do programa Visa For Startups, a gigante de serviços financeiros vai selecionar até 6 empresas para apoiar no desenvolvimento de provas de conceito.

O foco são empresas que atuam com novos fluxos de pagamento, criptoativos, open finance e soluções de dados, adquirência e aceitação e soluções para negócios. Podem participar startups que já geram receita, têm base de clientes e desejam expandir as operações.

“O Visa for Startups vai co-criar novas soluções de inovação aberta para explorar possibilidades e oportunidades ainda não endereçadas pela nossa indústria”, afirma Cristiane Taneze, diretora-executiva de inovação da Visa, em comunicado. “Os participantes ganharão apoio (na concepção do projeto) e oportunidades reais de conexão com o ecossistema. Sabemos que assim, existem grandes oportunidades de parcerias de fomentar a economia digital e aberta.”

Visa fará uma triagem interna das startups inscritas e as que se destacarem serão convidadas para a fase de apresentações. As empresas deverão mostrar suas ideias para uma banca avaliadora formada por especialistas da companhia e parceiros do ecossistema. As interessadas podem se inscrever até 23 de setembro.

Aproximação com startups

A iniciativa reforça o trabalho da Visa para se aproximar de startups e promover inovação aberta. No início do ano, Cristiane contou ao Startups as estratégias da companhia, que busca se posicionar como “rede das redes”, fornecendo a tecnologia por trás de formas de pagamentos além do cartão, meio pelo qual é tradicionalmente conhecida.

O programa e realizado em parceria com a The Bakery, empresa que ajuda corporações a obterem resultados com inovação. Ela será responsável pela metodologia do programa, testando e buscando em seu ecossistema global de soluções, soluções pré-existentes na América Latina alinhadas às oportunidades e áreas de interesse mapeadas pela Visa.

“As grandes empresas já entenderam a importância da inovação aberta para garantir a sua longevidade no mercado, investindo na busca por soluções para além de seus limites internos. Nós ajudamos a viabilizar e a estruturar uma relação ganha-ganha com o universo de startups, o que é fundamental para que esta interação seja bem-sucedida”, pontua Felipe Novaes, cofundador e sócio da The Bakery, em nota.

As startups selecionadas serão anunciadas até 10 de outubro. Os escolhidos terão acesso aos serviços de conteúdo, alinhamento do modelo de parcerias e sessões de co-criação para definição das provas de conceito. A apresentação dos projetos para a Visa e parceiros do mercado acontece em fevereiro de 2023.

FONTE: https://startups.com.br/noticias/visa-busca-startups-do-setor-para-programa-de-inovacao-aberta/