jun 08

Nova plataforma da Cisco promete reforçar a segurança na nuvem

Fabricante projeta a Cisco Security Cloud para ser a plataforma mais aberta do setor, protegendo a integridade de todo o ecossistema de TI – sem o bloqueio da nuvem pública.

A Cisco divulgou seu plano para uma plataforma global, entregue na nuvem e integrada que oferece acesso e conectividade seguros para empresas de qualquer formato e tamanho. A companhia  projeta a Cisco Security Cloud para ser a plataforma mais aberta do setor, protegendo a integridade de todo o ecossistema de TI – sem o bloqueio da nuvem pública.

A Security Cloud fornecerá uma experiência integrada para conectar, com segurança, pessoas e dispositivos a aplicativos e dados em qualquer lugar. Com gerenciamento unificado, a plataforma aberta irá fornecer recursos de prevenção, detecção, resposta e remediação de ameaças em escala. A Cisco está na jornada em direção à Security Cloud há algum tempo e está compartilhando progressos adicionais com inovações em seu portfólio de segurança.

Acesso seguro

Inaugurando a próxima geração de zero trust (confiança zero), a Cisco está criando soluções que permitem um acesso contínuo e confiável, verificando constantemente a identidade do usuário e do dispositivo, a posição do dispositivo, vulnerabilidades e indicadores de comprometimento.

Essas verificações inteligentes ocorrem em segundo plano, deixando o usuário trabalhar sem que a segurança atrapalhe. A Cisco está introduzindo métodos menos invasivos para autenticação baseada em risco, incluindo a impressão digital Wi-Fi com patente pendente como um proxy de localização eficaz sem comprometer a privacidade do usuário.

Para avaliar o risco após o login de um usuário, a Cisco está criando uma análise de confiança de sessão usando os padrões abertos de Shared Signals and Events (sinais e eventos compartilhados) para compartilhar informações entre fornecedores. A Cisco lançou a primeira integração desta tecnologia com uma demonstração do Cisco Secure Access by Duo e Box.

Segurança de borda

Para simplificar radicalmente a forma como as organizações conectam e protegem usuários, coisas e aplicativos, em qualquer lugar, a Cisco apresenta o Cisco+ Secure Connect Now, uma solução unificada de Secure Access Service Edge (SASE). A Cisco+ Secure Connect Now é uma oferta pronta para uso, disponível em vários países que permite aos clientes implantar rapidamente o SASE e facilitar as operações diárias por meio de uma plataforma gerenciada em nuvem. A assinatura como serviço é otimizada em termos de valor e gerenciada por meio de um painel unificado.

A Cisco oferece capacidade e inteligência incomparáveis em seus recursos de rede e segurança, e é por isso que a Telefonica Tech adicionará o pacote SASE da Cisco ao seu portfólio de serviços.

Operações seguras

A Cisco adicionou um novo serviço Talos Intel On-Demand que oferece pesquisa personalizada sobre o cenário de ameaças de cada organização. Para ajudar a acelerar a detecção e resposta a incidentes, a Cisco anunciou melhorias no Cisco Secure Cloud Analytics com sua capacidade de promover alertas automáticos no SecureX e mapear esses alertas para o MITRE ATT&CK. Isso segue a disponibilidade geral de insights de dispositivos SecureX para agregar, correlacionar e normalizar dados sobre os dispositivos em seu ambiente e as integrações do Kenna e Secure Endpoint para priorizar melhor as vulnerabilidades. A Cisco também lançou o Secure Firewall 3100 Series, projetado para trabalho híbrido com um novo mecanismo de visibilidade criptografado que usa inteligência artificial e aprendizado de máquina (machine learning) para detectar ameaças ocultas.

Simplificação

A Cisco está introduzindo a simplificação em todo o seu portfólio com o novo Secure Client unificado. Simplificando a forma como administradores e usuários gerenciam endpoints, metade dos agentes Cisco Secure, incluindo AnyConnect, Secure Endpoint e Umbrella, serão unificados em meados de 2022 com agentes adicionais a serem acrescentados ao longo do tempo. Isso segue o novo Secure Firewall Management Center entregue na nuvem, que é habilitado por meio do Cisco Defense Orchestrator e unifica o gerenciamento de firewalls na nuvem e no local.

FONTE: https://ipnews.com.br/nova-plataforma-da-cisco-promete-reforcar-a-seguranca-na-nuvem/