out 16

Nasa e Nokia fecham parceria para construir rede 4G na Lua

Segundo a Nasa, rede deverá suportar comunicação na superfície lunar a grandes distâncias, aumentar a velocidade e oferecer mais confiabilidade do que os sistemas atuais

Nasa anunciou nesta quarta-feira (14) que a subsidiária norte-americana da Nokia (Nokia of America Corporation) foi uma das selecionadas em um programa de parcerias para desenvolver tecnologias que abrirão o caminho para operações contínuas do programa Artemis na superfície Lunar até o final desta década.

A empresa vai receber US$ 14,1 milhões (cerca de R$ 79,5 milhões) para implementar o primeiro sistema de telefonia 4G LTE no espaço. O sistema poderá “suportar comunicação na superfície lunar a grandes distâncias, aumentar a velocidade e oferecer mais confiabilidade” que os padrões atualmente em uso. Insira sua referência ao filme E.T. aqui.

No total 14 empresas foram selecionadas, com contratos que somam US$ 370 milhões (mais de R$ 2 bilhões). Entre as iniciativas que serão desenvolvidas estão “gerenciamento de fluidos criogênicos”, sistemas de pouso, células de combustível para produção e armazenamento de energia e extração de oxigênio do regolito (rochas) lunar, entre outros.

“Esta é a maior quantidade de propostas que a NASA selecionou de uma só vez e de longe o maior valor total de contratos”, disse Jim Reuter, Administrador Associado da NASA para Tecnologia Espacial. “Estamos entusiasmados em ver nossos investimentos e parcerias colaborativas trazendo novas tecnologias para a Lua e além, ao mesmo tempo em que beneficiam o setor comercial”.

programa Artemis pretente levar astronautas novamente à Lua em 2024, e estabelecer uma presença contínua na superfície lunar até o final desta década. Várias empresas participam do programa, entre elas a SpaceX e a Blue Origin, que estão desenvolvendo tecnologias para o veículo de pouso, que levará os astronautas da órbita até a superfície lunar.

FONTE: https://olhardigital.com.br/ciencia-e-espaco/noticia/nasa-e-nokia-fecham-parceria-para-construir-rede-4g-na-lua/108794