ago 22

Intel lança primeiro chip de inteligência artificial

Tecnologia é resultado de investimento de mais de US$ 120 milhões em startups israelenses. Dispositivo foi projetado para centros de computação

Intel lançou, na última terça-feira (20), seu mais recente processador, o primeiro a usar inteligência artificial e projetado para grandes centros de computação.

O chip, desenvolvido em Haifa, Israel, é chamado de Nervana NNP-I ou Springhill e é baseado em um processador Ice Lake de 10 nanômetros que permitirá lidar com altas cargas de trabalho usando quantidades mínimas de energia, informou a Intel em comunicado.

Segundo a empresa, o primeiro produto de inteligência artificial vem depois de ter investido mais de US$ 120 milhões em três startups de IA em Israel.

“Para chegar a uma situação futura de ter ‘inteligência artificial em todos os lugares’, temos que lidar com enormes quantidades de dados gerados e garantir que as organizações estejam equipadas com o que precisam para usar os dados e processá-los onde forem coletados”, comenta Naveen Rao, gerente geral do grupo de produtos de inteligência artificial da Intel.

De acordo com o executivo, o novo chip vai ajudar os processadores Xeon da Intel em grandes empresas, à medida que a necessidade de complicados cálculos aumenta com cada vez mais implementações de inteligência artificial.

Tecnologia

O chip, segundo a empresa, representa um avanço tecnológico que permite que sistemas simulem uma inteligência similar à humana — indo além da programação de ordens específicas para tomar decisões de forma autônoma, baseadas em padrões de enormes bancos de dados.

FONTE: CONSUMIDOR MODERNO