abr 05

Enjoei: a história do casal que criou o bilionário e-commerce de usados

Casal carioca iniciou o Enjoei como um blog. O marketplace abriu seu capital na Bolsa avaliado em R$ 2 bilhões

SÃO PAULO – Os cariocas Ana Luiza McLaren e Tiê Lima participaram dos primórdios do comércio eletrônico brasileiro trabalhando em empresas como Shoptime e Americanas.com.

Alimentando o sonho de ter um e-commerce para chamar de seu, o casal criou um blog que permitia que pessoas comprassem e vendessem roupas usadas, em 2009. Nasceu assim o Enjoei (ENJU3)  — o e-commerce de produtos usados que fez uma oferta inicial de ações de R$ 1,13 bilhão em novembro de 2020.

“Apesar de inicialmente ser um blog, a nossa ideia sempre foi desenvolver o Enjoei pensando que poderia virar uma grande empresa”, afirmou Ana Luiza em entrevista ao podcast Do Zero ao Topo.

A história do Enjoei é tema do 79º episódio do programa. É possível seguir o programa e escutar a entrevista completa via Youtube (vídeo acima),  ApplePodcastsSpotifyDeezerSpreakerGoogle PodcastCastbox, Amazon Music e outros agregadores de áudio do país.

 

Fundadores do Enjoei em entrevista ao podcast Do Zero ao Topo (InfoMoney/Do Zero ao Topo)

Nos três primeiros anos de sua existência, o Enjoei funcionava apenas como um blog com a curadoria de Ana Luiza e que era tocado paralelamente aos empregos executivos do casal.

“Um dia eu estava em um offsite do Google [companhia na qual Ana trabalhava] quando o Tiê me ligou dizendo que iria pedir demissão para transformar o Enjoei em um negócio. Eu achei que ele fosse sair do emprego três meses depois, mas cheguei em casa e ele já estava lá”, contou Ana Luiza relembrando como o blog se transformou em um site.

Rapidamente, o casal atraiu investidores interessados no negócio por se tratar de um marketplace (espécie de shopping virtual). O fundo brasileiro Monashees e o americano Bessemer, a gestora carioca Dynamo e até o grupo de mídia Globo aportaram recursos ao longo da história da empresa.

Em novembro de 2020, a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) avaliou a companhia em cerca de R$ 2 bilhões. Desde então, seus papéis subiram 35%. A plataforma fechou 2020 com 790 mil clientes ativos (que adquiriram algo da plataforma nos últimos 12 meses), enquanto a base de vendedores ativos ficou em 683 mil. Confira a história completa e as estratégias de crescimento da empresa no podcast.

Sobre o Do Zero ao Topo

O podcast Do Zero ao Topo traz, a cada semana, um empresário de destaque no mercado brasileiro para contar a sua história, compartilhando os maiores desafios enfrentados ao longo do caminho e as principais estratégias utilizadas na construção do negócio.

O programa já recebeu nomes como André Penha, cofundador do QuintoAndar, David Neeleman, fundador da Azul, José Galló, executivo responsável pela ascensão da Renner, Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos, Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário, Sebastião Bonfim, criador da Centauro e Edgard Corona, da rede Smart Fit.

FONTE: https://www.infomoney.com.br/do-zero-ao-topo/enjoei-a-historia-do-casal-que-criou-o-bilionario-e-commerce-de-usados/?fbclid=IwAR3j0zAevKBpIZkIV172RQrg3zH7A3BXCCQQGiZKiehSd-k-xLf7a7nduy0