fev 27

Conheça os móveis instalados no teto da casa e que funcionam por comando de voz

A startup Bumblebee Spaces projeta mobiliário planejado e inteligente

startup Bumblebee Spaces, localizada em São Francisco, nos Estados Unidos, projeta móveis planejados e diferentes do convencional: são instalados no teto da residência — e com o uso de muita tecnologia. Por enquanto, a empresa tem quatro projetos engatilhados junto com desenvolvedores. Um deles é o prédio chamado Landing. Neleum apartamento de dois dormitórios é transformado em três dormitórios graças aos móveis inteligentes. Confira:

Uma cama extra desce do teto com o toque de um botão ou por meio de comando de voz. O aluguel do apartamento custa entre US$ 4.763 e US$ 6.746.

Os móveis têm cerca de 33 centímetros de profundidade e a mobília não fica embutida no concreto ou no drywall da casa. Os módulos são como luminárias, móveis e equipamentos (FF&E).

Armários, camas king e queen-size, mesinhas de cabeceira e módulos para guardar bagagem são as opções de móveis oferecidas pela startup.

Para quem sempre esquece onde guardou os objetos, a inteligência artificial instalada na mobília lembra onde foram guardados.

Sensores, semelhantes aos que são nas portas de garagem, ajudam a tornar as máquinas mais inteligentes. Elas são capazes de saber se existe alguém próximo a elas, por exemplo. Caso alguém esteja embaixo do móvel e o botão for acionado, ele para — sem machucar o morador ou a visita.

O co-fundador da startup, Sankarshan Murthy, disse ao Business Insider que o Bumblebee Spaces faz alguns móveis para proprietários que querem modernizar suas casas. No entanto, o foco da empresa é desenvolver o projeto em uma escala maior, como prédios inteiros.

FONTE: ÉPOCA