set 05

Como esta marca inovou os meios de embalar encomendas do e-commerce

Com alternativa sustentável, a Imballa traz novo conceitos como opção para encomendas de vendas online

Marca traz produtos inovadores e de fácil acesso para micros e médios empreendedores (Bússola/Reprodução)

Sustentabilidade deixou de ser apenas um conceito e vem se tornando um debate relevante, afinal, viver em um mundo mais sustentável é importante para todos, e neste caso, é interessante trazer ideias para o campo do e-commerce e debater sobre embalagens sustentáveis. Pensando nisso, a marca Imballa investe em novas opções para encomendas de vendas online. 

Com a pandemia, o aumento de envios no e-commerce subiu, e mercadorias utilizando plástico bolha estiveram em alta. A Imballa pensou em alternativas e novos desenvolvimentos para buscar soluções que até então só grandes empresas tinham acesso.  

Com o intuito de oferecer uma melhor experiência ao cliente e, principalmente, conseguir atender aos micros e médios empreendedores que desejam um material ecológico e sustentável, a Imballa traz produtos inovadores e de fácil acesso, comercializando dois produtos que são referência para a proteção e alternativa ao plástico: Buzz Wrap e o Kippo.

Também conhecido como Papel Colmeia, o Buzz Wrap é um material de acolchoamento que expande conforme puxa em uma estrutura 3D, similar a um favo de mel, oferecendo uma excelente proteção e uma apresentação de “presente”. Além disso economiza espaço e tempo no processo de embalagem.  

Kippo substituí as famosas bolsas de ar de plástico, isopor e outros tipos de protetores plásticos que são utilizados dentro das caixas de embarque, sendo feito com papel 100% reciclado e possível de reciclar novamente. 

“Para a redução do lixo gerado pelas embalagens descartáveis será necessário um esforço da população e governos, através da educação ambiental e de políticas sociais, tais como a coleta de resíduos e redução do uso indiscriminado de materiais não biodegradáveis e rejeitos. O que precisamos fazer é reduzir, reutilizar e reciclar”, declara Hugo Maluf, CEO da marca.  

Com fábrica inaugurada em 1939 e passando por três gerações, a família conta que sempre viveu através do setor de papel e celulose. Hugo Maluf deu continuidade a jornada e revela que desde criança brincava sobre os fardos e bobinas de papel reciclado.  

Em 2021 Hugo fundou a Imballa. “Gostamos de dizer que a Imballa veio para ser uma empresa com a questão sustentabilidade como pilar principal e, abaixo, o know-how do papel adquirido durante todo esse período. Quando falamos de sustentabilidade como pilar, estamos falando dos três principais: econômico, social e ambiental”, afirma ele. 

Com uma grande jornada em relação à educação ambiental, a Imballa acredita no papel como um material que cumpre a função, é biodegradável e ninguém tem dúvida sobre onde descartar ou reciclar. 

FONTE: https://exame.com/bussola/como-esta-marca-inovou-os-meios-de-embalar-encomendas-do-e-commerce/