set 05

Cloud: Burger King obtém redução de 40% de custos de gerenciamento com apoio da Dedalus

Transferência de sistemas para a nuvem Azure da Microsoft, envolveu o time da Dedalus na implementação da nova infraestrutura, no monitoramento e na sustentação do projeto de migração

“A migração com as operações em andamento era o principal desafio que tínhamos ao chegar na Dedalus, pois mesmo em dias de menor demanda, como a segunda-feira, ainda existe um volume considerável de pessoas que usam os sistemas. Não poderíamos correr o risco de instabilidades ou inoperância por longos períodos”, afirma Alex Viana, head de infraestrutura do BK Brasil.

Sistemas como o BK Office, responsável por receber e consolidar as informações de todas as vendas das 700 lojas em tempo real; Meu BK, que realiza pagamento de fornecedores e funciona como a intranet para processos internos; a Plataforma de Automação, que cuida de 1.400 faturas mensais para pagamento e, por fim, o sistema de ponto e controle de escala de todos os 14.000 funcionários espalhados pelo Brasil, eram os principais desafios da migração que demandavam apoio de uma empresa parceira com expertise para execução destas atividades.

Para efetuar o processo, foi necessário criar uma estratégia técnica e vários procedimentos foram adiantados para tornar o tempo de indisponibilidade do sistema cada vez menor.

“Se os sistemas internos como folha de pagamento e ponto, por exemplo, ficarem fora do ar durante dois ou três dias, começamos a ter alguns problemas com fornecedores e mesmo questões trabalhistas. No delivery, cada minuto fora do ar é receita que a empresa perde. Tivemos um episódio em 2021 onde 30 minutos fora do ar geraram R$ 500 mil em compras que não foram realizadas”, comenta Alex.

O desenho da infraestrutura foi realizado a seis mãos, com a Dedalus, Microsoft e time de tecnologia do BK Brasil, e passou por dezenas de modelos até desenvolverem a versão ideal da arquitetura de cloud que atendesse todos os pontos requeridos para a perfeita execução do projeto. “Durante a migração de um dos sistemas, com base de dados de 9 terabytes, todo o processo foi executado em um curto espaço de tempo de indisponibilidade. Além de realizarmos o processo em um curto período de tempo, tivemos êxito em não perder nenhum dado ou prejudicar a performance”, complementa o executivo.

No decorrer da migração dos serviços internos, foi identificada a oportunidade de migração do sistema de delivery para o Azure. O procedimento foi realizado durante a madrugada, onde ocorre o menor movimento, pelo time interno do BK Brasil e teve cobertura e orientação dos especialistas da Dedalus durante e após o processo.

Entre os diversos ganhos, o principal foi o custo-benefício para o BK Brasil. “Nós tivemos uma redução de 40% do custo, considerando parte de cloud e serviços da Dedalus. Foi uma redução substancial dos nossos custos em tecnologia e esse valor, além de todos os pontos técnicos do projeto, foi essencial para defender a nossa saída de um grande player de tecnologia, que era o nosso antigo fornecedor”, analisa o executivo.

Além disso, a satisfação do BK em poder contar com o time de especialistas da Dedalus que consegue pontuar e alertar sobre a possibilidade de um incidente, já solucionando-o antes de haver um impacto no consumidor final – algo essencial para a relação com os clientes externos. Outro fator são os benefícios de utilizar a nuvem Azure, que irá potencializar o uso de outras tecnologias Microsoft já implementadas pelo BK Brasil por possuírem uma melhor integração.

FONTE: https://www.datacenterdynamics.com/br/not%C3%ADcias/cloud-burger-king-obt%C3%A9m-redu%C3%A7%C3%A3o-de-40-de-custos-de-gerenciamento-com-apoio-da-dedalus/