jul 16

Agritech norte-americana anuncia chegada ao Brasil com a oferta de serviço de inteligência agronômica

Após a inaugurar operação nos EUA em janeiro deste ano, a SeeTree lança seu serviço de agritech destinado a produtores de cultivos permanentes no Brasil.

Ao combinar inteligência artificial com inteligência humana, a SeeTree se dedica a ajudar fazendeiros em São Paulo ao criar um perfil de saúde e produtividade de cada árvore individualmente e em grupos, fazendo análises aéreas, no chão e debaixo da terra.

A SeeTree começará se concentrando em fazendas de frutos cítricos. Os dados coletados pela SeeTree também podem ajudar fazendeiros no Brasil com a detecção e administração da HLB (sigla de “Huanglongbing” ou greening), doença que ataca os citros, que se tornou uma epidemia em São Paulo em 2004, e desde então se espalhou para Minas Gerais e mais outras 12 regiões próximas.

A extração dos dados é feita usando imagens de alta-resolução e sensores multiespectrais obtidas usando drones, em conjunto com pesquisas feitas no solo com coletas de amostras de árvores de baixa produtividade para análises posteriores.

A tecnologia e os serviços de medição da SeeTree digitalizam cada árvore individualmente. Sua saúde e produção de frutos (quantidade e tamanho) é medida e organizada no sistema único da SeeTree. As soluções end-to-end ajudam fazendeiros a economizar tempo, dinheiro e recursos que são frequentemente usados em razão de pestes e doenças, erros agrícolas e deficiências das próprias árvores – problemas que passam despercebidos em grande parte.

FONTE: TiiNSIDE