maio 24

STARTUP OFERECE MÁQUINAS PARA EMPRESAS QUE PRECISAM AMPLIAR A PRODUÇÃO POR POUCO TEMPO

A Bee2Share, fundada pelo paulistano Claudio D’Amato, atua nos Estados Unidos e no Brasil

Claudio D’Amato, da Bee2Share, o “Airbnb da indústria” (Foto: Caio Cezar)

A startup Bee2Share funciona como um “Airbnb da indústria”: oferece maquinário ocioso para empresários que precisam ampliar provisoriamente a produção.

A ideia surgiu quando o paulistano Claudio D’Amato, 41 anos, foi trabalhar em uma empresa do setor automotivo em Detroit, em 2015.

“Tínhamos máquinas grandes que operavam durante metade do ano e na outra metade eram compartilhadas com outras empresas, mas de maneira informal. Transformei esse compartilhamento em uma operação regular, um ‘match’ online”, afirma D’Amato.

A Bee2Share começou a funcionar no final de 2017, nos Estados Unidos e no Brasil. Hoje, a empresa agrega mais de 400 máquinas de 170 plantas industriais e expandiu a atuação para países como Chile, China e Portugal.

“A crise econômica criou uma oportunidade para nós. Em 2017, o índice de máquinas ociosas chegou a 70% em alguns setores da indústria nacional”, observa o empreendedor.

FONTE: PEGN