maio 25

Solatio investirá em usinas fotovoltaicas no estado de Minas Gerais

Empresa espanhola pretende aportar recursos para produção de 6.430 MW nos próximos quatro anos

A empresa espanhola Solatio anunciou o investimento de R$ 21 bilhões até 2023 em usinas fotovoltaicas em Minas Gerais. A ideia é produzir 6.430 MW nos próximos quatro anos, o equivalente à potência da hidrelétrica da Itaipu Binacional.

As usinas fotovoltaicas vão abastecer as cidades mineiras Araxá, Coromandel, Várzea da Palma, Janaúba, Arinos, Francisco Sá e Buritizeiro. Segundo o presidente da Solatio, Pedro Vaquer, “70% do projeto será concluído até o fim de 2022. Os outros 30% estão programados para 2023.”

Atualmente, a empresa tem produção para atender mais de sete milhões de residências, por meio da Usina de Marambaia, em Pirapora, considerada a maior usina fotovoltaica da América Latina e a terceira maior do mundo.

Minas Gerais lidera o ranking nacional de geração distribuída, seguido por Rio Grande do Sul, São Paulo e Mato Grosso. De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Minas representa 18,9% de participação na produção nacional, com potencial instalado de 173,9 MW.

FONTE: https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/solatio-investira-em-usinas-fotovoltaicas-no-estado-de-minas-gerais.html