jul 20

Realidade virtual chega às escolas para alunos do ensino fundamental

Instituto Edutech21 lança metodologia em realidade virtual para melhorar a proficiência matemática dos estudantes

Segundo dados da Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais), a demanda por profissionais na área de Tecnologia da Informação (TI) nos próximos três anos deve chagar a 797 mil vagas. Entretanto, o déficit de profissionais com qualificação técnica especializada aumenta a cada ano, uma vez que a quantidade de profissionais formados anualmente não acompanha a oferta de vagas. A estimativa é de que cerca de 53 mil novos profissionais com perfil tecnológico e de comunicação são formados anualmente, porém a demanda é de 159 mil posições disponíveis no mercado.

O acredita que esse cenário se deve, em grande parte, ao fraco desempenho dos estudantes brasileiros na proficiência matemática. Diante dessa realidade, irá lançar no dia 19 de julho, a partir das 14h, no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), o programa X-MATH, que compreende um game de realidade virtual, uma plataforma interativa e a formação de professores. O programa é pautado nas habilidades matemáticas previstas na BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e sua metodologia vai além do conhecimento matemático, prevendo também o desenvolvimento de habilidades socioemocionais.

De acordo com a cofundadora do Edutech21 e gestora pedagógica Carla Meira, o programa X-MATH surgiu do compromisso de reduzir a defasagem histórica de aprendizagem em matemática que existe no País. “Neste ano na avaliação do Saresp (Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) os estudantes apresentaram o pior desempenho em matemática, desde que as avaliações em larga escala começaram. Além disso, a pandemia agravou os resultados de aprendizagem que já eram insatisfatórios. O intuito do Instituto Edutech21, que nasceu com uma vocação tecnológica, é o de formar pessoas com condições de produzir tecnologia e não apenas usuários e isso não é possível sem o conhecimento matemático. Hoje, a tecnologia permeia desde as ações cotidianas até a soberania dos países”, destaca.

Utilizando tecnologia de óculos de Realidade Virtual (VR) Quest 2, o Game X-MATH foi desenvolvido em parceria com a especialista em desenvolvimento matemático Maria Silvia Brumatti Sentelhas. “Esse é um projeto que nasce de uma demanda emergente de defasagem em matemática que o Brasil vem tentado recuperar há décadas. O projeto está de acordo com as teorias educacionais contemporâneas e está centrado no estudante e não no conteúdo. Além do desenvolvimento dos estudantes, o Instituto Edutech21 está comprometido também com a formação dos professores, pois a adesão deles é essencial para o bom resultado do programa”, explica.

Igualdade de gênero

Segundo a fundadora do Edutech21, Kellen Petreche, o Instituto tem também um compromisso de ampliar o acesso das mulheres às carreiras tecnológicas e científicas. “De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), ligado ao Ministério da Educação, as mulheres representam cerca de 15% dos matriculados em cursos de tecnologia no Brasil. Segundo a ONU Mulheres, apenas 20% dos profissionais de TI (Tecnologia da Informação) são mulheres. E, se a participação feminina nas áreas tecnológicas aumentar, os países em desenvolvimento aumentarão o PIB (Produto Interno Bruto) em 8 trilhões de dólares. Esses dados da desigualdade de gênero em relação às carreiras científicas e tecnológicas são muito representativos, e por essa razão, é extremamente importante incentivar as meninas a ingressarem nessa área”, afirma.

Kellen explica ainda que o game X-MATH foi projetado para que o estudante possa vivenciar a construção de um conhecimento matemático apoiado em ações e resolução de problemas. “Buscamos uma solução que fosse interessante e instigante para facilitar a aprendizagem matemática dos estudantes. Partindo deste princípio, criamos um jogo em realidade virtual, em que as aplicações do conhecimento matemático são a chave para o avanço de cada uma das etapas a serem vencidas, completa.

Sobre o Instituto Edutech21

O Instituto Edutech21 nasceu da união de mulheres comprometidas com a ação social e com a Educação. O projeto foi concebido a partir da percepção das fundadoras a respeito de algumas demandas que nos tempos atuais não deveriam existir, como por exemplo, o acesso à produção de tecnologia e o acesso das meninas às carreiras tecnológicas e cientificas, assim como ao desenvolvimento das habilidades socioemocionais.

Educar, levar o conhecimento e despertar a vontade de aprender é a missão do Instituto Edutech21, que conta com profissionais altamente capacitados visando criar metodologias e tecnologias que qualifiquem a experiência educativa. Para conhecer mais sobre Instituto e o programa X-MATH, basta entrar em contato pelo site https://institutoedutech21.com.br ou pelas redes sociais @institutoedutech21.

Serviço: Lançamento do game X-MATH do Instituto Edutech21

Data: dia 19 de julho, a partir das 14h

Local: Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS)

Endereço: Av. Itavuvu, 11.777 – Sorocaba (SP)

Inscrições: https://form.jotform.com/221817480450049

FONTE: https://jeonline.com.br/noticia/29119/realidade-virtual-chega-as-escolas-para-alunos-do-ensino-fundamental