out 01

‘PTinder’: aplicativo promoverá encontros entre pessoas de esquerda

Não damos match, e sim marx’. Será lançado até o fim do ano

Nome do aplicativo faz referência ao PT, que tem como 1 dos líderes o ex-presidente Lula

A professora e escritora Elika Takimoto e a advogada Maria Goretti Nagime decidiram criar uma plataforma de relacionamento chamada “PTinder”, com a mesma funcionalidade do Tinder, mas para pessoas que buscam o relacionamento com alguém com a ideologia de esquerda.

O Tinder é 1 aplicativo de relacionamentos que possibilita que pessoas se conheçam e tenham encontros. Os perfis são cruzados por meio de dados de localização e informações de redes sociais de quem o acessa.

“Para as esquerdo-pessoas q estão solteiras ou em 1 relacionamento aberto ou confuso, saibam que eu e @mariagretnagime fizemos uma plataforma p facilitar o amor entre os homens, entre as mulheres e entre homens e mulheres. PTinder. Porque o nosso coração é vermelho”, anunciou Elika, no Twitter, na 2ª feira (23.set.2019).

A plataforma deve ser lançada inicialmente no Instragram, até o fim do ano, e depois em 1 aplicativo.

Segundo Elika Takimoto, em vez de “match” -como é no Tinder- para quando duas pessoas curtem uma o perfil da outra e surge uma combinação, no PTinder será dado “marx”, em referência ao economista, filósofo e sociólogo alemão Karl Marx.

“Aqui não damos match e sim marx. Não procuramos pela metade da laranja porque isso é coisa do Queiroz. Aqui, buscamos a metade da nossa estrela. Vamos promover encontros, festas e shows”, disse ainda, fazendo referência ao caso do ex-motorista de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Fabrício Queiroz, investigado após o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) identificar movimentações financeiras atípicas em suas contas bancárias.

“O PTinder não será só para quem quer sexo. Será 1 aplicativo que promoverá encontros para novas amizades em bares, restaurantes, praias, botequins, livrarias, lajes, ocupações e manifestações. Casados, bem resolvidos e confusos poderão participar sim”, completou.

CRÍTICAS AO APLICATIVO

Alvo de críticas na internet, Elika Takimoto rebateu os comentários com bom humor: “Gente, se não gostou da ideia do PTinder, só criar o Ciro-tinder, o Tábata-tinder, o gado-tinder, o bozo-tinder, o isentão-tinder, o terraplanista-tinder… Vão se amar também e parem de encher nosso saco porque aqui vamos dar muito marx!”.

FONTE: PODER 360