jul 21

Plataforma de educação capta R$ 60 milhões em emissão de debêntures tokenizadas

Operação é a terceira no formato realizada pela Vórtx QR Tokenizadora dentro do ambiente regulatório da CVM

A plataforma de educação Pravaler realizou, hoje, sua emissão de debêntures tokenizadas, terceira operação nesse formato de registro digital em blockchain feito pela Vórtx QR Tokenizadora, que opera dentro dos parâmetros do sandbox regulatório da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), com coordenação do Itaú BBA. Foram emitidos 60 mil tokens, de R$ 1 mil, totalizando uma captação de R$ 60 milhões, em uma oferta para investidores qualificados.

Segundo a empresa, os recursos captados serão utilizados para investimentos na estrutura de tecnologia da empresa.

No âmbito do sandbox da CVM, a Vórtx QR Tokenizadora tem autorização para realizar 12 emissões de produtos de investimento. As duas primeiras ocorreram no início de junho, sendo uma também de debêntures, com a captação de R$ 74 milhões da Salinas Participações, e outra do Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) QR Rispar Crédito Cripto, lançado pela QR Asset, em uma operação de R$ 8 milhões.

A tokenização de ativos tradicionais começa a ganhar espaço entre os agentes regulados do mercado. Na semana passada, o Itaú Unibanco lançou a Itaú Digital Assets, nova unidade de negócio que atuará na tokenização de produtos de investimento do banco, custódia desses ativos digitais e fornecimento de infraestrutura de digitalização em blockchain para parceiros que se interessarem, inclusive outras instituições financeiras. A princípio estão sendo testados internamente produtos de investimento que já são disponibilizados pelo banco, como recebíveis.

FONTE: https://valorinveste.globo.com/mercados/cripto/noticia/2022/07/19/plataforma-de-educacao-capta-r-60-milhoes-em-emissao-de-debentures-tokenizadas.ghtml