fev 20

DJI detalha o funcionamento de seu sistema de identificação de drones

DJI, uma das principais fabricantes de drones no mercado, demonstrou em um vídeo o funcionamento do sistema Drone-to-Phone Broadcast Remote ID, que irá permitir a qualquer um em solo identificar e obter informações sobre um drone voando nas proximidades.

O sistema é composto por duas partes: um drone equipado com a tecnologia, que pode ser implantada com uma simples atualização de firmware, e um smartphone com o app desenvolvido pela DJI.

Basta abrir o app para saber qual o modelo, identificador único (uma espécie de “RG” do drone) e até mesmo o caminho percorrido por qualquer drone próximo a você. O app pode mostrar até mesmo a localização do piloto, recurso que está gerando controvérsia entre os proprietários e operadores de drones, preocupados com o que veem como uma violação de privacidade.

O Drone-to-Phone Broadcast Remote ID funciona com uma conexão direta entre o smartphone e o drone usando a tecnologia Wi-Fi Aware, um padrão definido pela Wi-Fi Alliance para facilitar a descoberta e conexão entre dispositivos próximos. Não é necessário um roteador ou mesmo qualquer tipo de conexão de dados.

Uma alternativa à tecnologia é a Network Remote Identification, que exigiria que os drones se conectassem a um servidor remoto e reportassem periodicamente sua posição, identificação e status. Isso exigiria uma conexão à internet, encarecendo os drones e aumentando os custos mensais de operação para os pilotos.

Ambos os sistemas foram desenvolvidos em resposta a uma regulamentação proposta pela FAA (a agência federal de aviação nos EUA), que exige que todos os drones com mais de 250 gramas possam ser identificados remotamente. A proposta, que também limita como e onde os drones poderão voar, foi aberta à consulta pública no início de janeiro e foi mal-recebida pela comunidade de pilotos.

Fonte: DroneDJ