jul 21

Construtechs apostam em inovação e tecnologia e oferecem soluções para o mercado da construção civil

O Mapa das Construtechs e Proptechs no Brasil – estudo realizado pela Terracotta Ventures – aponta que no fim de 2021 o país somava 839 startups atuando em todas as etapas da construção civil, o que sinaliza um crescimento de 235% nos últimos cinco anos. Idealizadas para gerar novas soluções tecnológicas que ampliem produtividade, economia de tempo e recursos, e para aprimorar a gestão das obras, as construtechs trazem o que há de mais inovador na construção.

Dessa maneira, elas terão um espaço inédito na próxima edição da Construsul – 23ª Feira Internacional da Construção, que acontece em agosto. Na oportunidade, empresas como Construct IN e Obra.ai apresentarão novidades importantes que mostram como a tecnologia pode trazer avanços na entrega de produtos, processos e serviços na área da construção.

Momento da construção

A Construct IN é uma ferramenta que possibilita o acompanhamento remoto de projetos através de imagens em 360°. Analisando o cenário atual da construção civil em termos de tecnologia e inovação, o CEO da empresa, Tales Silva, destaca que a economia desacelerada e a alta do preço dos materiais trazem algumas dificuldades para o setor, mas também uma oportunidade para as organizações otimizarem processos, eliminarem desperdícios e se destacarem no mercado.

“A forma de fazer isso é por meio da inovação aberta e da busca por novas tecnologias que dão os dados necessários para melhorar a tomada de decisão e otimizam os processos. E muitas empresas têm feito esse movimento e apostado nas construtechs para melhorar seus resultados”, diz Silva, pontuando que a Construct IN já conta com mais de 1200 canteiros gerenciados por imagens em 360°.

A visão de que o mercado oferece boas perspectivas é compartilhada por Luís Antônio Zucco, CEO da Obra.ai, construtech que oferece informações estratégicas para equipes de inteligência e vendas, utilizando Big Data e Inteligência Artificial. Segundo ele, há oportunidades em todas fases do processo, desde a escolha da área de um empreendimento, passando pela definição do melhor produto a ser desenvolvido (como público-alvo e padrão construtivo), na aplicação de processos para revolucionar a elaboração de projetos e na execução e acompanhamento da obra.

“A solução Obra.ai tem o propósito de contribuir na jornada de prospecção e vendas de materiais, produtos e serviços a todas as empresas que fazem negócios onde estão programados ou em execução projetos de construção e engenharia civil”, explica.

Desafios e perspectivas para as construtechs

De acordo com ele, é preciso uma mudança de paradigma em relação aos métodos tradicionais da construção, onde a aplicação em grande escala das tecnologias desenvolvidas para promover a transformação digital é o fator mais importante. Para Zucco, as maiores empresas já estão inseridas nesse processo e são muito participativas, porém é necessário que todas as organizações e profissionais possam usufruir das inovações que são lançadas.

“Vejo um cenário muito positivo para as construtechs, no qual a aplicação da inovação é necessária, é um caminho sem volta. As construtechs que conseguirem resolver as dores do setor vão crescer e se consolidar como grandes empresas no país, e as empresas que não estiverem olhando para inovações serão ultrapassadas pelas que estão”, argumenta.

Vantagens

O CEO da Construct IN, Tales Silva, defende a fórmula de que para haver resultados diferentes, é preciso fazer diferente. Na visão dele, é isso que as construtechs buscam levar para o mercado da construção civil, trazendo vantagens como: melhora na compatibilização de projetos, redução de desperdícios, gestão de documentos, otimização do planejamento, ganho de produtividade da mão de obra, maior controle do canteiro de obras e geração de dados para melhor tomada de decisão.

“Quando tratamos especificamente da gestão remota de obras, os principais benefícios são o registro completo da evolução das obras, a comunicação ágil com todos stakeholders, a redução de até 50% dos custos com deslocamento e a otimização em 80% do tempo das vistorias”, diz.

Novidades na Construsul

Silva lembra que na próxima edição da Construsul serão apresentadas as melhorias e novas funcionalidades nos softwares da Construct IN, que permitem documentar e gerenciar obras remotamente por meio de imagens 360º, garantindo que os profissionais envolvidos na obra acompanhem a execução do projeto a qualquer hora e lugar, via celular, tablet ou computador.  “Com o uso da plataforma de documentação e gestão remota de obras em 360°, é possível reduzir em até 50% os custos com deslocamentos desnecessários e otimizar o tempo de trabalho dos profissionais envolvidos”, destaca.

“Com o uso da plataforma de documentação e gestão remota de obras em 360°, é possível reduzir em até 50% os custos com deslocamentos desnecessários e otimizar o tempo de trabalho dos profissionais envolvidos”

Luís Antônio Zucco, CEO da Obra.ai, ressalta que a solução proporcionada pela empresa – e que será exibida na Construsul – possibilita à relação entre gestão e execução da obra atingir outro patamar, o que é benéfico tanto à empresa quanto ao profissional, pois ambos potencializam o crescimento das receitas financeiras.

“Além de melhorias significativas na usabilidade da plataforma, estamos trazendo novos planos de assinatura para permitir que empresas e profissionais de todos os portes possam usufruir dos benefícios de nossa solução.”

O credenciamento para a Construsul – 23ª Feira Internacional da Construção pode ser feito antecipadamente através do link https://feiraconstrusul.schenautomacao.com.br/ evitando filas e agilizando o acesso.

Serviço

Datas: 2 a 5 de agosto

Horário: 13h às 21h

Local: FIERGS – Porto Alegre

FONTE: https://www.expansao.co/construtechs-apostam-em-inovacao-e-tecnologia-e-oferecem-solucoes-para-o-mercado-da-construcao-civil/