abr 15

Aparelho auditivo com IA traduz idiomas e reconhece tombos do usuário

Um novo aparelho auditivo utiliza inteligência artificial para detectar quedas e enviar um alerta para o smartphone de uma pessoa próxima. Chamado de Livio AI, o dispositivo é o primeiro do tipo a contar com inteligência artificial.

 A relação é simples: a maior parte dos usuários de aparelhos auditivos são idosos, os quais também são os que mais correm riscos de quedas e lesões graves. Por conta disso, o aparelho tem capacidade de detectar se o usuário caiu e mandar um alerta para o smartphone de um familiar. Se o usuário conseguir levantar sozinho, o sistema cancela o alerta.

O aparelho também conta um sistema de tradução simultânea de conversa para 27 idiomas em áudio e texto. O aparelho ainda se conecta com um aplicativo chamado Thrive, disponível para Android e iOS, para monitorar as capacidade físicas e mentais do usuários e ajuda a diminuir danos à audição.

Em seu funcionamento, o Livio AI avalia três pontos: a capacidade corporal, baseada no número de passos do usuário; cérebro, avaliando a capacidade de interação; e, com isso, consegue oferecer uma análise de bem-estar do usuário. Com este novo desenvolvimento, a Starkey, empresa criadora do projeto, abriu um novo polo de pesquisas em Tel Aviv, Israel. A companhia tem sede principal em Minnesota, nos Estados Unidos, e conta com representação aqui no Brasil, na cidade de Campinas.

Segundo estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS), até o ano de 2050, cerca de 900 milhões de pessoas em todo o mundo poderão vir a ter surdez. O produto foi apresentado em evento em Foz do Iguaçu e deve chegar em breve ao mercado brasileiro, ainda sem preço anunciado.

FONTE: CANAL TECH