abr 04

5 milhões de empresas brasileiras já utilizam o WhatsApp Business

O WhatsApp está presente nos smartphones de 98% dos brasileiros e já conquistou 5 milhões de empresas. Entenda como utilizar no seu negócio.

Por Victor Marques, da CapTable Brasil.

WhatsApp ganhou o coração dos brasileiros e, com isso, muitas empresas viram que, para se inserir no cotidiano do consumidor e não retirá-lo de um fluxo de comunicação natural, precisam estar presentes no comunicador. De acompanhamento de pedidos ao atendimento, o WhatsApp Business caiu no gosto das empresas – 5 milhões delas aqui no Brasil.

Mas para um negócio atender todas as necessidades dos seus clientes e do seu time de atendimento, o WhatsApp Business, sozinho, não é suficiente. À medida que a base de clientes e o número de atendentes cresce, alguns problemas começam a ficar evidentes.

Com cada atendente tendo um número de WhatsApp, o contato fica descentralizado e o custo para manter os números ativos começa a pesar nas contas do negócio. Há dificuldade para gerenciar a equipe comercial que trabalha com o mensageiro e não há uma solução fácil para o contato entre os atendentes.

Ainda, o contato não é rastreável, então os atendentes não conseguem ter um histórico de um caso, como quando o cliente entra em contato mais de uma vez, com diferentes atendentes para a resolução de problemas. Os problemas jurídicos também começam a aparecer, com o compartilhamento de informações sensíveis dentro do negócio, em desacordo com a LGPD.

Pensando nesses problemas, a Maxbot identificou uma oportunidade de entregar a experiência de atendimento humanizado que as empresas precisam – indo além do chatbot, embora ofereça uma camada para a distribuição dos atendimentos, a startup criou uma solução completa.

A MAXBOT

Maxbot é uma plataforma SaaS que opera em modelo de assinatura, oferecendo planos que variam de acordo com a quantidade de atendentes que a empresa possui e número de contatos (números de WhatsApp armazenados na agenda dentro da plataforma).

Com uma plataforma 100% proprietária, possui autonomia para realizar alteração de planos e atualizações. O fluxo de contratação também é automatizado: o cliente entra na plataforma; escolhe o plano que se encaixa para a realidade dele; processa o pagamento, que pode ser no boleto ou no cartão; após o pagamento, o sistema gera a nota fiscal automaticamente, sem a necessidade de intervenção humana nesse momento.

Durante o processo de contratação, o módulo de contrato da plataforma gera automaticamente o contrato, envia para o cliente assinar digitalmente, por uma selfie, foto da identidade ou CNH e uma selfie segurando esse documento. O time da Maxbot analisa esses dados e confirma o contrato.

CLIENTES

Os segmentos de clientes mais representativos da Maxbot são: escritórios de contabilidade, provedores de internet, consultórios médicos e laboratórios, empresas financeiras, de crédito e órgãos governamentais.

Atendendo outras empresas (B2B) e secretarias/prefeituras, a Maxbot já conta com 241 clientes. Os órgãos governamentais atendidos incluem a Prefeitura de Itapoá em Santa Catarina e a Prefeitura de Praia Grande, em São Paulo, entre outras. Quanto aos clientes B2B, destacam-se: a agência de viagens CVC, a OAB do Distrito Federal, Makita, escritórios de contabilidade, empresas de microcrédito e e-commerce.

DIFERENCIAIS

Alguns diferenciais da Maxbot a separam dos seus concorrentes: a plataforma é credenciada como um parceiro oficial do WhatsApp (API oficial), gera protocolos nos atendimentos humanos tornando o processo rastreável (todas as interações são registradas), app para atendimento mobile, integração com grandes players (RD Station, GetCRM e outras já em desenvolvimento) e adequação às orientações da LGPD (validada juridicamente no momento da contratação pela OAB do DF).

PRÓXIMOS PASSOS

Maxbot já conquistou alguns clientes internacionais, em Portugal, Moçambique, Estônia, Índia, Paraguai e Uruguai, são clientes brasileiros, mas que possuem empresas nesses países  – mas, agora, pretende ir além: através de um parceiro que foi o responsável por levar a nota fiscal eletrônica brasileira para ser implementada no Peru, pretendem operar no país para atender potenciais 10 mil empresas da carteira do parceiro.

Além da internacionalização, outra estratégia para acelerar o crescimento deve ser o desenvolvimento de novos canais de atendimento: hoje, operando WhatsApp, Telegram e chat web, mas planejando expandir, ainda no primeiro semestre de 2022, para o Messenger do Facebook e o Direct do Instagram.

Ainda, planejam expandir a integração com sistemas do mercado, com foco em ajudar a criar automações melhores para os clientes. Hoje, estão integrados a 4 grandes sistemas do mercado de provedores de internet, facilitando o trabalho de dezenas de clientes e dando mais agilidade ao atendimento deles. Mas, já planejam aumentar a participação em prefeituras e órgãos governamentais, integrando o Maxbot aos softwares que atendem esses locais, viabilizando a criação de um grande chatbot governamental, onde a população poderá acionar diversos serviços usando o WhatsApp.

POR QUE IMPORTA?

Presente no segundo maior mercado de WhatsApp do mundo e em um cenário de empresas que sofrem para atender bem aos seus clientes – que crescentemente buscam esse atendimento através de canais digitais como os mensageiros instantâneos, a Maxbot está unicamente posicionada para aliar o poder da automação (chatbots) com o componente humano (atendentes), integrando o todo para potencializar o atendimento ao cliente.

Com um faturamento de R$ 283 mil em 2020, o primeiro ano de operação, e um crescimento para R$ 1,05 milhão em 2021, a startup já comprovou que encontrou um modelo de negócio que agrada empresas e órgãos governamentais, diversificando sua carteira de clientes.

O plano de expansão claro, tanto de canais, quanto de internacionalização, comprova que a Maxbot está pronta para crescer através de uma rodada de investimentos – por isso, a startup está captando na CapTable, o hub de investimentos em startups da StartSe. Confira a oferta completa.

FONTE: https://app.startse.com/artigos/5-milhoes-de-empresas-ja-utilizam-whatsapp-business-no-brasil