jun 12

Zee.Dog lança a Zee.Now, um “Rappi” de produtos para animais

O novo serviço da Zee.Dog possui entregas gratuitas e funciona 24 horas; é possível comprar desde ração à itens de farmácia e acessórios pelo aplicativo

Zee.Dog deseja que comprar a ração ou qualquer outro acessório para o seu pet seja tão fácil quanto pedir um Uber – ou um Rappi. A marca de acessórios para cachorros e gatos lançou o Zee.Now, aplicativo de entregas de produtos para pets. O serviço funciona 24h e todas as entregas são gratuitas.

 Por enquanto, o Zee.Now está disponível em alguns bairros de São Paulo e do Rio de Janeiro. A expectativa é de realizar entregas em toda a grande Rio e São Paulo até o final do ano e, em 2020, expandir para outras cidades.

O objetivo do serviço de entregas é tornar a vida das pessoas mais prática, trazendo mais conforto ao comprar produtos essenciais para seus pets. “Comprar ração não deveria ser algo em que você deve se planejar ou sair de casa – você chama pelo aplicativo e chega na hora que você quiser. Às vezes, não prevemos quando vai acabar e não tem petshop aberto. E mesmo quando tem, você compra e tem que carregar muitos quilos. A dinâmica de compra não é prática para a maioria das pessoas”, explica Felipe Diz, fundador da Zee.Dog, em entrevista à StartSe.

O Zee.Now foi criado para reunir diversos petshops na palma da mão, a um clique de distância. O serviço de delivery trabalha com marcas líderes do mercado como a própria Zee.Dog, Royal Canin, Bravecto, Golden, Premier, entre outras.

Sistema de entregas com frete gratuito

No Zee.Now, a caveirinha símbolo da Zee.Dog ganha, literalmente, um capacete de motociclista. O serviço de entregas é operado pela própria empresa, a partir do sistema de logística e motoboys.

“No Brasil, o frete para o e-commerce é a última porta aberta para as pessoas. Às vezes, ele pode sair mais caro até do que o custo do próprio produto. Não é à toa que quase 70% das compras feitas no mercado pet ainda são em petshops de bairro”, afirma Diz. A Zee.Now consegue zerar essa taxa por utilizar os próprios motoboys e por operar em uma logística otimizada.

Uma das iniciativas para trazer mais agilidade à logística é estudar as rotas para conseguir realizar o máximo de pedidos por baú da motocicleta. “Hoje o tempo de entrega é abaixo de 1h, com uma média de 30 minutos. Conseguimos fazer isso porque temos vários hubs, centros de distribuição que alugamos no Rio e em São Paulo”, conta o fundador da Zee.Now. A entrega tende a sair do centro de distribuição mais próximo ao endereço.

O investimento para criar a Zee.Now foi de R$ 3 milhões e o capital foi investido pela própria Zee.Dog. A ideia surgiu há cerca de 4 anos e começou a ser colocada em prática há 2 anos e meio. Atualmente, a Zee.Now conta com 80 funcionários.

A concorrência

A Zee.Now considera como concorrentes os e-commerces focados em produtos para animais, como Petz, Cobasi, Petlove, entre outros. No entanto, as mesmas empresas também são “parceiras” do grupo porque vendem produtos da Zee.Dog.

“Não usamos a Rappi como comparação porque os petshops e e-commerce são os lugares em que tradicionalmente as compras de produtos pets são feitas. Nosso objetivo é abocanhar o marketshare de quem compra produto pet, não quem usa Rappi”, explica Felipe Diz.

A expectativa é que a Zee.Now seja a alternativa dos usuários a compra em petshops físicos e em e-commerces. O benefício do aplicativo frente a loja online é de poder receber o produto no mesmo dia da compra.

Para os que preferem o modelo da e-commerce pela possibilidade de pedir com recorrência, esse é um serviço que a Zee.Now pretende incluir em breve na plataforma. “Apesar de acreditarmos que o ‘sob demanda’ é a evolução da assinatura, há clientes que estão acostumados a sequer pensar sobre isso, pois o produto chega todo mês em casa”, comenta o fundador.

Foco no futuro – e na China

Com o lançamento do Zee.Now, a Zee.Dog chega mais perto do seu objetivo de não ser apenas uma marca de produtos, mas um ecossistema de produtos para animais. Concomitantemente, a empresa está sofrendo uma transformação para se tornar cada vez mais tecnológica.

“Temos 25 desenvolvedores hoje. Há três meses, tínhamos 5. A tendência é que esse número cresça cada vez mais, estamos com vagas abertas”, comenta o empreendedor.

Como empreendedor é quem sonha grande, Felipe Diz já possui planos para a expansão internacional da Zee.now: a China. “A China é o país com o maior número de pessoas usando smartphones e e-commerce, mais do que nos Estados Unidos. Além disso, temos uma presença física da Zee.Dog muito forte no país”. Mas para o fundador, isso só deve acontecer depois de ter conquistado muitas cidades no Brasil, é claro.

FONTE: STARTSE