mar 10

YouTube vê aumento da audiência na TV e quer aproveitar para faturar

O mercado de streaming já vinha crescendo com rapidez, mas a pandemia de Covid-19 – que forçou milhões ao isolamento social – levou as TVs conectadas a patamares surpreendentes. De acordo com um relatório do YouTube, 120 milhões de pessoas consumiram conteúdo da plataforma em seus televisores só em dezembro de 2020.

Os dados foram apresentados pelo diretor de produtos da empresa, Neal Mohan, em uma reunião com executivos da Interactive Advertising Bureau. Em março do ano passado, a audiência do YouTube nas TVs era de 100 milhões de espectadores. No quarto trimestre de 2020, a empresa cresceu 46% em comparação com o ano anterior, e faturou US$ 6,89 bilhões.

Todo setor de streaming se beneficiou com a pandemia. De acordo com o eMarketer, mais de US$ 8,11 bilhões devem ser gastos com publicidade via TV conectada em 2020 – valor que pode chegar a US$ 18,3 bilhões em 2024. Porém, a maior parte do tempo de streaming das pessoas acontece em plataformas livres de anúncios, como NetflixDisney+ e Amazon Prime Vídeo. Isso dá ao Google a oportunidade trazer esses anunciantes para o YouTube.

Smartphones ainda são a principal fonte de público do YouTube. Imagem: Shutterstock

Por enquanto, smartphones ainda representa a maior porcentagem da audiência do YouTube. Mas segundo Mohan, em dezembro, mais de um quarto dos espectadores logados na plataforma assistiam ao conteúdo quase exclusivamente na tela da TV.

O YouTube ainda firmou uma parceria com a Nielsen para medir o inventário de streaming de TV da plataforma. A ideia é mostrar para os anunciantes que eles podem alcançar públicos que não estão alcançando em outros lugares – e comparar o alcance do digital com a TV comum.

Mohan também quer aproveitar a tendência dos vídeos curtos que vem se consolidando. O concorrente do YouTube ao TikTok, o Shorts, se expandirá nos EUA nas “próximas semanas”, disse a empresa. Shorts não está exibindo anúncios em sua versão beta, mas o YouTube disse que está “explorando opções de monetização”.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/03/10/cinema-e-streaming/youtube-ve-aumento-da-audiencia-na-tv-e-quer-aproveitar-para-faturar/