mar 12

WhatsApp permitirá acelerar ou reduzir velocidade de mensagens de áudio

O WhatsApp está testando novas formas de reproduzir mensagens de áudio com velocidade maior ou menor do que a normal, segundo relatos de plataformas especializadas de desenvolvedores. A função, pelo que dá a entender, permite que áudios muito longos sejam reproduzidos com mais velocidade, a fim de serem ouvidos mais rapidamente por usuários do app de mensagens do Facebook.

Ainda não há imagens da função sendo utilizada em versões de teste do aplicativo, mas sites como o WABetaInfo já a viram rodando e publicaram alguns detalhes no Twitter. A notícia deve agradar bastante quem tem aquele amigo que manda áudios tão longos que mais parecem um episódio de podcast.

Segundo o site, a novidade deve chegar em uma atualização futura, mas não há ainda informação se isso deve demorar ou se será disponibilizado rapidamente. Felizmente, parece que o WhatsApp levará o ajuste de velocidade das mensagens de áudio tanto para iOS como para Android, em caráter simultâneo.

WhatsApp e a nova política de dados

A boa notícia vem nos calcanhares de uma polêmica já conhecida: há alguns dias, o WhatsApp retomou o envio de lembretes para que usuários aceitem seus novos termos de uso – ou fiquem impedidos de usar o aplicativo por completo.

A mudança prevê o compartilhamento de algumas informações com o Facebook e, consequentemente, com os seus parceiros comerciais. Os novos termos deveriam ser implementados em janeiro deste ano, mas uma forte reação negativa do público e de órgãos de proteção à informação fez com que eles fossem adiados para maio.

 O WhatsApp vem tomando o cuidado de tranquilizar seus usuários quanto ao efeito da nova política: “estamos construindo novas maneiras de conversar ou fazer compras no WhatsApp. Mensagens pessoais sempre serão criptografadas de ponta a ponta”, disse a equipe do app em um comunicado.

Aplicativo de mensagens WhatsApp adia implementação de nova política de dados após rejeição pública. Imagem: guteksk7/Shutterstock

Os mais afetados pela nova prática serão os usuários comerciais. O WhatsApp assegura que mensagens de texto e áudio, bem como imagens e vídeos, continuarão protegidas de qualquer acesso externo – mesmo dele próprio.

Por outro lado, contas que usam o app para serviços de atendimento ao consumidor, por exemplo, terão alguns dados compartilhados a fim de facilitar a coleta de informações de empreendedores.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/03/12/reviews/whatsapp-permitira-acelerar-reduzir-velocidade-mensagens-audio/