mar 23

WhatsApp: novo golpe atinge quem recebe do INSS; conheça e proteja-se!

O governo federal alertou nesta terça-feira (22) para um golpe que tenta fazer as vítimas acreditarem que se trata da uma comunicação oficial da Helô, assistente virtual do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A abordagem se dá por mensagens de celular via WhatsApp e o objetivo é obter dados privados dos beneficiários.

De acordo com o INSS, os cibercriminosos adotam a identidade visual da Helô no avatar do contato — com o nome de contato “Central de Atendimento” — fornecem inclusive números de protocolo para as vítimas.

Para evitar tais problemas, o órgão orienta ao público que bloqueie imediatamente o contato caso receba esse tipo de mensagem. Informações como documentos, fotos e dados pessoais também não devem ser fornecidos.

O INSS esclarece ainda que o acesso à assistente virtual Helô só é possível através do aplicativo Meu INSS, disponível para Android e iOS. De acordo com a aentidade, não há, portanto, como o bot entrar em contato com os segurados para “conversar”. “O INSS nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos”, esclarece o órgão, em comunicado à imprensa.

Em última instância, caso o beneficiário seja vítima de tentativa de golpe, o INSS solicita o contato com a Ouvidoria pela internet ou pelo número de telefone 135. Caso o golpe seja bem-sucedido, o caminho é registrar um Boletim de Ocorrência e, em seguida, comunicar aos órgãos envolvidos.

Imagem de golpe do INSS dado pelo WhatsApp
Golpe tenta fazer vítimas acreditarem que se trata de comunicação oficial do INSS (Crédito: INSS/Divulgação)

Comunicação oficial somente por e-mail e telefone

O INSS afirma que o segurado só é contatado através das informações fornecidas em seu cadastro (e-mail, telefone e endereço). Por conta disso, o órgão reforça a necessidade de sempre manter atualizados os dados de contato. Isso deve ser feito pelo aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135.

Entre os serviços mais buscados de quem procura a assistente virtual, estão benefícios e serviços, extratos, certidões e declarações, perícia médica e senha do Meu INSS. Desde sua criação, em maio de 2020, a Helô já realizou mais de 37,5 milhões de atendimentos virtuais, segundo o governo federal.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2022/03/22/seguranca/golpe-no-whatsapp-tenta-obter-dados-de-segurados-do-inss-se-fingindo-de-assistente-virtual/