set 29

Volkswagen anuncia ID.3 e ID.4 no Brasil e promete expansão de 150 novos veículos entre elétricos e híbridos

A Volkswagen anunciou hoje, durante o evento Way to Zero, mais detalhes sobre sua estratégia de redução da pegada de carbono — incluindo o investimento de 73 bilhões de euros na criação de uma nova frota de veículos elétricos e híbridos, com alguns deles, como os ID.3 e ID.4, já previstos para o Brasil.

O investimento estará destinado para a criação de 70 automóveis com motores elétricos e 60 com motores híbridos, bem como digitalização de componentes e novas tecnologias. Os representantes da Volkswagen classificam o intento como “a maior ofensiva de mobilidade sustentável já apresentada”, com parcerias governamentais e universidades, como no caso da Unicamp, anunciada hoje cedo.

Segundo a empresa, que ainda este ano teve de negar os boatos de estar mudando de nome, os novos pilares da companhia serão três categorias de veículos: elétricos, híbridos e flex.

No momento, a Volkswagen está comercializando seus elétricos apenas no Uruguai, com o e-up! e o híbrido Golf GTE. Segundo os representantes no evento, os automóveis foram lançados no país vizinho por apresentar uma infraestrutura mais adequada para inserção das tecnologias na América Latina.

ID.3 e ID.4 chegam ao Brasil para test-drive

Carro elétrico ID.3 da Volkswagen que chegou na China
Hot hatch elétrico da Volkswagen, ID.3 estará disponível para testes no Brasil em breve. (Imagem: Divulgação/Volkswagen)

A Volkswagen não anunciou detalhes da lançamentos de sua malha de veículos elétricos e híbridos na América Latina, porém, informou que unidades da família ID — os ID.3 e ID.4 — estarão chegando em breve para test drives no Brasil e Argentina. O primeiro híbrido, o Gol GT, está chegando no país apenas agora.

A montadora informou também que os veículos da série ID apresentarão altas potências, de 145 a 299 cv, e que estão em expansão no mundo todo. Durante o evento, a Volkswagen anunciou a chegada do ID.Life e do ID.Bus, uma versão elétrica da Kombi.

Marco Pavone, Chefe de Design Global da Volkswagen na Alemanha, explicou como os novos conceitos da família ID modificavam os projetos da montadora. “Agora a gente tem uma bateria no assoalho no carro. Como a gente poderia oferecer algo novo para isso? Oferecemos mais espaço.”

O chefe de design explica que a modificação resultou na redução dos balanços dos eixos das rodas e no movimento da cabine mais para frente, já que o veículo não precisa mais de um motor frontal. Para compensar o encurtamento da parte frontal, a linha ID possuirá foco em aerodinâmica, com os ID.3 e ID.4 rodando em pneus de 21 polegadas.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/09/28/carros-e-tecnologia/volkswagen-veiculos-eletricos-brasil/