set 27

Vale transporte digital troca cartão físico por aplicativo e QR Code

Além de tornar o uso mais fácil para os passageiros, a novidade busca evitar o uso indevido

O sistema de pagamento de passagens de transporte sobre trilhos por QR Code, disponível atualmente em sete estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do metrô na capital paulista, vai ser usado para testar outra novidade: o vale transporte (VT) digital. A ideia é que, no futuro, o recurso substitua os cartões usados atualmente.

O VT digital será incluído no aplicativo VouD e o acesso a ele vai requerer login e senha. O pagamento das passagens é feito via QR Code (exibido na tela do celular e apresentado no validador da catraca) e os valores são deduzidos à medida os créditos são utilizados. Trata-se, portanto, de uma alternativa aos cartões físicos que garante mais comodidade aos usuários e ajuda a evitar o uso indevido.

Ainda não há data definida para o início do projeto-piloto, mas a Autopass, responsável pela novidade, diz que ele vai entrar em vigor até o fim de 2019 — a ideia é garantir que a solução esteja disponível para o mercado no primeiro trimestre de 2020. Depois do teste, a intenção é integrar a solução com os ônibus e, até, levá-la para outras localidades.

Todo o gerenciamento do VT digital será feito em tempo real. Com isso, será possível monitorar os locais de uso do app e identificar mau uso (caso alguém forneça login e senha a terceiros, por exemplo). Entre as facilidades para os passageiros estão a possibilidade de consultar o saldo online e validar os créditos automaticamente.

FONTE: OLHAR DIGITAL