jun 11

Uso de drone ajuda PM a prender fugitivos em operação contra o tráfico em Minas

Fugitivos foram apontados por drone em Matozinhos

O uso de drones durante uma operação da Polícia Militar  impediu que dois suspeitos escapassem dos militares na cidade de Matozinhos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um deles foi preso e o outro, um adolescente, foi apreendido por resistência à ação da PM.

Batizada de Katharsis, a operação cumpriu dez mandados de prisão também nas cidades de Capim Branco e Prudente de Morais, ambas na região Central de Minas, e teve como objetivo combater o tráfico de drogas. Segundo o tenente Victor Santos e Almeida, que participou da ação, o drone foi operado pelo Comando de Aviação do Estado (Comave) da PM e se mostrou essencial para o sucesso da operação. “Fazíamos o monitoramento do local com o drone quando dois indivíduos tentaram fugir, mas o equipamento nos mostrou a localização deles e conseguimos prendê-los”, explicou.

Ao todo, sete pessoas foram presas por tráfico, um preso por resistência, um conduzido por uso e consumo de drogas e um menor apreendido por resistência. Os militares também apreenderam 156 pinos de cocaína, 154 pinos vazios, duas balanças de precisão, 34 buchas de maconha, 20 pedras de crack, duas porções de cocaína, cinco aparelhos celulares e R$ 2.118,75 em dinheiro. Noventa e oito militares foram empenhados na operação.

O tenente considerou a operação bem-sucedida e contou que esta foi a primeira vez que o drone foi usado em uma operação em Matozinhos. “Agora que vimos que funciona mesmo, sempre que houver uma operação como esta, com um número maior de alvos, vamos pedir o apoio do Comave”, afirmou.

FONTE: HOJE EM DIA