Uma das principais aceleradoras do Sul, Darwin Startups, de SC, capta R$ 80 milhões para novo fundo

Fundada há oito anos em Florianópolis, a Darwin quer agora ampliar leque de setores com startups no radar.

Marcos Mueller, da Darwin Startups: 80 milhões de reais para novo fundo (Darwin Startups/Divulgação)

A aceleradora catarinense Darwin Startups acaba de anunciar a captação de 80 milhões de reais para um novo fundo de investimento e a chegada da gestora XMS entre os sócios.

Fundada há oito anos em Florianópolis, a Darwin é uma das mais atuantes entre empresas de tecnologia da região Sul.

O que faz a aceleradora

Em 8 anos de existência, na frente de aceleração corporativa, a Darwin tem entre clientes nomes como B3, J. Safra, Sinqia e RTM.

Além disso, Neoway, Transunion e Via Varejo são outras corporações que já integraram o programa de aceleração como mantenedoras.

De 2015 para cá, 100 empresas estiveram no portfólio da aceleradora. No período, elas receberam 20 milhões de reais em investimentos da própria aceleradora e captaram outros 200 milhões de reais em rodadas ou em exits.

Na lista estão empresas como:

De forma inédita na sua história, a Darwin está estruturando um fundo de investimentos para aportar recursos em startups alinhadas com as verticais de prioridade da companhia, e principalmente nas empresas do portfólio de aceleradas.

“Poder continuar investindo em novas rodadas é um sonho antigo da Darwin, ampliando a pista para empreendedores e dobrando nossa aposta”, diz o CEO da Darwin, Marcos Mueller, que fundou a aceleradora após um tempo trabalhando em organizações para fomento do empreendedorismo, como Endeavor, Social Good e Cventures.

“Em função de nossos programas de aceleração, estamos em uma posição privilegiada para encontrar boas startups.”

Quem são os investidores

A XMS Investimentos é gestora de recursos sediada em Blumenau, também em Santa Catarina, e tem foco na gestão de patrimônio de investidores privados.

“O investimento na Darwin faz parte da nossa estratégia de aproximação de startups em estágio inicial, complementando nossa oferta de investimento e de geração de valor durante a jornada dos empreendedores”, diz Franciele Wolter, sócia da XMS.

Este é o sexto movimento da XMS no mercado de venture capital desde 2018 em empresas de tecnologia. Antes,a gestora realizou investimentos na edtech AltoQi e na Hi Platform, de tecnologia para atendimento a clientes.

A chegada da XMS faz parte da estratégia da Darwin de ampliar a oferta de produtos e soluções para o ecossistema.

Entre as novidades, está a criação de uma plataforma digital voltada para cessão de crédito e serviços aos empreendedores, atuação em novas verticais de mercado como agronegócio, saúde, construção civil.

FONTE: https://exame.com/negocios/uma-das-principais-aceleradoras-do-sul-darwin-startups-de-sc-capta-r-80-milhoes-para-novo-fundo/