abr 28

Telegram terá suporte a videoconferências

O Telegram ganhará em breve suporte a um recurso cada vez mais usado em nosso dia-a-dia: videoconferências. O breve anúncio foi feito pelo criador do app, Pavel Durov, em seu canal oficial, o Durov’s Channel.

 “Falando em videochamadas, iremos adicionar uma dimensão visual aos nossos chats por voz em maio, tornando o Telegram uma poderosa plataforma para chamadas de vídeo em grupo”, disse ele.

“Compartilhamento de tela, criptografia, cancelamento de ruído, suporte a desktops e tablets – Tudo o que você pode esperar de uma ferramenta de videoconferência moderna, mas com a velocidade, interface e criptografia do Telegram. Fiquem ligados!”, completou.

O anúncio foi acompanhado de um pequeno vídeo que mostra uma conferência com “50 participantes”, com a imagem alternando automaticamente entre eles à medida que falam.

Chats 2.0

Recentemente o Telegram anunciou uma reformulação completa de seu sistema de chats de voz, que chamou de “Chats 2.0”. A principal mudança é que os chats também podem ser usados em canais, sem limite no número de participantes.

Admins de canais e grupos públicos agora podem ter chats de voz para milhões de ouvintes ao vivo. “Não importa o quão popular a sua conversa se tornar, novas pessoas poderão sintonizar e ouvir. É como uma rádio pública reinventada para o século XXI”, diz a equipe da empresa.

Para iniciar um Chat de Voz, um usuário só precisa abrir o perfil de qualquer grupo ou canal do qual é administrador, clicar no menu com os três pontos e selecionar Iniciar Chat de Voz.

Administradores podem gravar os chats de voz, e assim que a gravação termina o áudio fica imediatamente disponível para os seguidores. Chats que estão sendo gravados são identificados com um ponto vermelho ao lado de seu título.

Participantes silenciados podem “levantar a mão” para sinalizar que desejam falar, e sua biografia (Bio) fica visível na lista de participantes. Administradores de grupos públicos podem criar links de convite que abrem automaticamente um chat de voz, e os convites podem ser diferentes para ouvintes (que entram silenciados automaticamente) e locutores (que entram com o microfone habilitado), facilitando o controle dos participantes.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/04/28/reviews/telegram-tera-suporte-a-videoconferencias/