set 29

Tela que estica: conheça tecnologia da Samsung e Intel que promete revolucionar

Empresas se uniram para lançar um aparelho que funciona como tablet ou notebook graças a um display que aumenta de tamanho. Será que o projeto deslancha?

Já imaginou uma tela que “estica” de 13 polegadas para até 17 polegadas com painel de tecnologia Oled? Foi isso que Intel e Samsung apresentaram no Intel Innovation 2022: um computador, mas que se assemelha a um tablet, já que não possui teclado físico.

“Este dispositivo vai satisfazer várias necessidades por uma tela maior e também por portabilidade”, afirma o presidente executivo da Samsung Display, JS Choi, no evento.

A empresa não divulgou detalhes sobre o sistema operacional nem sobre o uso de aplicativos.

Possibilidades em várias telas

Apesar disso, a tela deslizante foi usada para demonstrar o Intel Unison, um app que faz a conexão e integração entre PC e smartphone – começando por funcionalidades como transferência de arquivos, mensagens de texto, chamadas e notificações telefônicas, mas prometendo evolução temporalmente.

Mais possibilidades para quem quer trabalhar com duas telas, otimizando o uso de cada um dos aparelhos. Com a força do trabalho híbrido e remoto, ter aparelhos compactos e eficientes pode acelerar a adoção pelos profissionais.

Por que importa?

Ganhando velocidade e dinamismo no mercado, a Samsung vem investindo na experiência a partir das telas. Primeiro, com os notáveis modelos dobráveis, que vem se consolidando no mercado.

Tanto é que, ao passo que fabricantes rivais ainda estão planejando seus ingressos no segmento de celulares dobráveis, marcas como o Flex G e Flex S mostram que a Samsung está cada vez mais próxima de iniciar uma linha de aparelhos que vão além do “Fold” e “Flip”.

Já o mercado de computadores deve andar em outra direção: o executivo sugeriu na apresentação que as telas dobráveis não devem durar muito tempo no mercado de PCs, o que deve tornar a tecnologia deslizante ainda mais frequente nos aparelhos da Samsung.

Por enquanto, o modelo é um protótipo sem previsão de lançamento. Será que a tendência vai mexer com os concorrentes?

FONTE: https://www.startse.com/artigos/tela-deslizante-samsung-intel/