out 11

Tecnologias disruptivas no foco da 6ª RM Vale TI, em São José

Tecnologias disruptivas são realidade em diversos setores e podem ser encontradas na 6ª RM Vale TI

Evento no Parque Tecnológico ocorre entre os dias 22 e 24 deste mês; saiba mais

No intuito de promover a Transformação Digital, o Parque Tecnológico São José dos Campos sedia, entre os dias 22 e 24 de outubro, a 6ª RM Vale TI – Feira e Congresso de Tecnologia e Inovação. O evento contará com uma ampla programação focada na participação de empresários para que estes consigam encontrar tecnologias capazes de impulsionar os seus negócios.

O evento contará com mais de 45 expositores que oferecerão tecnologias, inovações e soluções para os mais variados setores da economia. O público presente poderá participar ainda de um Congresso, com mais de 50 palestrantes, onde será possível identificar formas de implantar a transformação digital nas corporações e conhecer cases de sucesso em que a tecnologia impulsionou negócios ou melhorou a gestão pública.

Já na Rodada de Negócios, com mais de 50 empresas e 30 prefeituras, os negócios poderão ser concretizados.

“Investir em tecnologia resulta em crescimento. Um estudo da FGV (Fundação Getúlio Vargas) destacou que a cada 1% investido em TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação), o lucro da empresa aumenta 7% em dois anos”, afirmou Marcelo Nunes, coordenador do APL TIC Vale do Parque Tecnológico.

Esse é, aliás, o grande desafio do setor: modificar estruturas e mudar a maneira como a comunicação e os processos internos acontecem.

HI-TECH.

Realidade no dia a dia de municípios e empresas, a AI (Inteligência Artificial) há muito saiu das telas dos cinemas e das TV’s. Internet das Coisas, Big Data e Cloud são outras tecnologias disruptivas que há pouco tempo faziam parte da ficção, mas que estão incorporadas em soluções de mercado das mais variadas.

Hoje, com o excesso do volume de informações, para melhorar a experiência do consumidor, o uso de Big Data, por exemplo, é fundamental. É essa área do conhecimento que promove uma maior fidelização do cliente quando a empresa varejista consegue se comunicar de forma efetiva com ele.

O Big Data está no agronegócio por meio do cruzamento de dados meteorológicos com informações obtidas por sensores instalados em drones, que identificam o acúmulo de água no solo, entre outros usos. Tais números contribuem para a tomada de decisão do produtor rural, na definição do momento certo de plantar ou colher com foco nos melhores resultados.

Na indústria e nas cidades (as chamadas “smart cities”, ou cidades inteligentes), o uso da tecnologia gera maior produtividade, reduzindo custos e garantindo a satisfação dos clientes ou da população.

No entanto, não basta levar a tecnologia para dentro das organizações. É preciso implementar uma cultura digital e inspirar as pessoas a assumirem uma nova atitude, a construir uma linguagem comum sobre inovação, design, negócio e tecnologia.

SERVIÇO.

O Parque Tecnológico São José dos Campos fica na av. Dr. Altino Bondesan, 500, Eugênio de Melo). Informações e inscrições gratuitas: www.rmvaleti.com.br.

PELO ARES

Como o uso de drones tem impulsionado resultados

O uso de drones em alguns segmentos de negócios está bem consolidado. Atualmente, não se pensa mais em uma cerimônia de casamento, por exemplo, sem o registro das imagens com um drone ou mesmo produções de vídeos.

Mas as funcionalidades desse equipamento vão muito além do simples registro de imagens. O drone já pode ser encontrado na indústria e no agronegócio para sensoriamento remoto e monitoramento de estruturas.

Quando aliado a outras tecnologias, como softwares e aplicativos, o equipamento pode ser usado nas mais variadas situações, permitindo maior produtividade e agilidade na tomada de decisões.

Durante a 6ª RM Vale TI, as empresas Drone Visual, Radaz, Fortress e Autaza, apoiadoras do evento, vão apresentar as aplicações da tecnologia, com a simulação de voos de drones para captação de informações relevantes para os negócios.

As apresentações acontecerão na área externa do Parque Tecnológico ao longo da programação do evento.

FONTE: O VALE