nov 04

Tecnologia em robôs assistivos para idosos já é uma realidade

Sistemas trarão mais liberdade para idosos e pessoas que necessitam de auxílio diário.

A Labrador Systems é uma empresa de robótica e automação cujo foco está no cuidado para idosos. E a empresa anunciou que começou a implantar um produto que foi projetado para trazer um tipo de liberdade assistencial para pessoas que vivem sozinhas e possuem limitações de mobilidade.

Chamado de Retriever Pro, trata-se de uma tecnologia inteligente que consiste em um sistema de prateleiras móveis semiautônomas que podem ser usadas para transportar objetos que, de alguma forma, poderiam ser difíceis e trabalhosos para carregá-los.

É importante mencionar que esse primeiro aparelho é apenas um projeto piloto, e que pode ser ampliado para lugares com altas demandas, como um lar de idosos.

“A carga sobre os cuidadores está crescendo em um ritmo que simplesmente não é sustentável. As organizações já estão enfrentando uma grande escassez de cuidadores e, nos próximos anos, haverá significativamente mais pessoas na faixa etária dos meus pais (mais de 85 anos) com menos pessoas para ajudar a cuidar deles”, afirmou o CEO Mike Dooley em comunicado.

“Nossa missão é proporcionar alívio em ambos os lados dessa equação, capacitando os indivíduos que precisam de cuidados a fazer mais por conta própria, estendendo o impacto da visita de cada cuidador muito além do tempo em que estão fisicamente presentes”.

Tecnologia em robôs assistivos para idosos já é uma realidade

Nos Estados Unidos e no Brasil, esse universo de robótica para idosos ainda é bastante incipiente. Por outro lado, o Japão tem uma grande vantagem neste setor devido, em parte, ao alto envelhecimento da população. Mas o conceito vem tendo mais aceitação em diversos lugares.

Várias empresas que trabalham para projetar sistemas têm apontado a assistência à vida como uma aplicação em potencial, mas atualmente o mercado robótico não está exatamente alinhado com essa tecnologia.

A Labrador Systems afirma que também “continua avançando com o desenvolvimento e teste” de seu sistema mais focado no consumidor, o Retriever.

Tecnologia em robôs assistivos para idosos já é uma realidade

Além disso, em uma declaração ao TechCrunch, Dooley esclareceu sobre o aparelho: “Os principais recursos adicionados ao Pro são trazer os cuidadores e funcionários para o circuito e, em geral, apoiar o provedor de cuidados em sua missão. Uma parte disso está no lado do software, com integração com soluções de nível empresarial para gerenciamento de atendimento. Assim, por exemplo, as organizações de cuidados podem ter vários usuários iniciando sessões para definir horários para o robô, verificar relatórios de atividades e auxiliar remotamente na operação do robô”.

“Já em questão de hardware, teríamos mais opções para transportar e alimentar um tablet de terceiros ou outro dispositivo de tela que a organização de atendimento já possa estar usando, para mover esse dispositivo pela casa. O Pro também terá provisões para oferecer suporte à conectividade celular como uma atualização”, concluiu Dooley.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2022/11/03/pro/tecnologia-em-robos-assistivos-para-idosos-ja-e-uma-realidade/