jan 09

Sugestão TEK: 5 impressoras 3D que já pode ter no seu escritório

Imprimir qualquer objeto real a três dimensões em casa, no nosso escritório normalíssimo, era até bem pouco tempo algo visto apenas em filmes, certo? No entanto, à medida que a tecnologia de impressão 3D evolui, as tendências dos principais fabricantes apontam hoje noutro sentido: permitir ao utilizador final imprimir o que quiser sob esta lógica e até a partir do… smartphone!

É verdade: existem já modelos de impressoras 3D – como é o caso da sugestão BQ que figura na galeria abaixo – que se baseiam em processadores Snapdragon, típicos dos smartphones, por assim dizer, e que funcionam sobre um ambiente Android.

Isto faz com que seja possível configurar, controlar e ordenar impressões 3D a partir de terminais móveis, com a ajuda de apps móveis do género, tudo num ambiente de uso doméstico a todos os níveis e que de industrial/empresarial tem muito pouco.

rar em escritórios domésticos, já para não falar de em pequenas e microempresas.

Uma dessas características é a redução substancial do ruído produzido durante a impressão, lado a lado com o tempo que demora o processo, também cada vez mais curto e podendo chegar hoje a marcas abaixo dos 15 minutos em modelos bastante acessíveis em termos de preço.

Mais: estamos a falar de equipamentos de impressão muito bem equipados ao nível de ligações, desde a relação com uma rede doméstico por cabo ou via Wi-Fi até ao NFC, algo natural caso seja possível a impressão a partir de smartphones, por exemplo.

Por outro lado, há hoje mais “abertura” face ao que se passava há alguns anos, quando a tecnologia começou a “transbordar” dos usos profissionais para os domésticos convencionais: a maior parte das marcas permite a utilização de filamentos plásticos de outras fabricantes/origens, do mesmo modo que o tamanho dos objetivos impressos é cada vez maior, dependendo, no fundo, da dimensão da impressora 3D em si.

Se acha que está na hora de experimentar esta tecnologia em casa – e se tem orçamento disponível para um investimento do género –, veja na galeria acima alguns exemplos de impressoras 3D que podem servir de porta de entrada na atividade ou que podem permitir entrar em novas áreas de criatividade. A imaginação é o limite.

FONTE: SAPOTEK