abr 28

Startup quer baratear cirurgias

Preços podem cair mais de 40%; é possível ainda parcelar ou fazer vaquinha via site da empresa

 

Quem já precisou fazer um procedimento cirúrgico não coberto pelo plano de saúde sabe quanto o bolso dói nessa hora — e, muitas vezes, até inviabiliza o tratamento necessário.

Pois a healthtech Vidia pretende ampliar o acesso aos centros cirúrgicos dos hospitais privados brasileiros, ocupando horários em que eles são menos disputados, como madrugadas e finais de semana. “A taxa de ociosidade das salas de cirurgia chega a 75% da capacidade total do sistema particular”, calcula Thiago Bonini, CEO da Vidia.

A empresa oferece pacotes que incluem exames pré-operatórios, materiais e equipe médica, e consegue alcançar uma redução de até 40% no custo total das intervenções. É possível parcelar e até fazer vaquinha pela plataforma. Mais de 50 cirurgias já estão listadas por lá, de tratamentos oftalmológicos à remoção das amígdalas.

FONTE: https://saude.abril.com.br/medicina/startup-quer-baratear-cirurgias/