set 02

“Startup oferta serviço de entregas até 70% mais barato do que os Correios”

“A logística é um dos principais gargalos do varejo online brasileiro, acentuado pela crise dos Correios. E na corrida pelo transporte seguro de mercadorias, as lojas virtuais de pequeno e médio porte são as mais sensíveis às fraquezas do setor, uma vez que possuem, em média, 50 pedidos mensais, segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Atento a esse cenário, o curitibano Rafael Mendes criou há cinco anos a Asap Log, startup especializada em entregas para e-commerces. Em abril, a empresa foi selecionada para integrar o Cubo Itaú, maior hub de inovação da América Latina.

“As grandes companhias de logística querem o caminhão cheio e não fazem entrega de porta em porta. Hoje, há 100 mil transportadoras registradas, mas apenas dezenas delas atendem o e-commerce”, aponta Mendes.

“Como um “Uber da logística”, a Asap Log distribui os pedidos dos lojistas entre os 15 mil entregadores autônomos cadastrados em todo o Brasil, que realizam as entregas de carro ou de moto. E caso a distância da entrega seja longa, a startup também possui parceria com empresas de ônibus e transportadoras.

Segundo Mendes, a startup realiza, em média, 1.360 entregas por dia para 600 lojas virtuais de 23 cidades do país. “Cobramos pelo peso do produto versus a distância percorrida do e-commerce até a casa do consumidor. Somos em torno de 70% mais baratos que os Correios”, garante o CEO.

Eduardo Mayer e Rafael Mendes, os nomes à frente da Asap Log. Foto: Divulgação | DANIELA CATISTI
Para se diferenciar dos principais concorrentes, como Mandaê e Pegaki, a Asap Log solicita a avaliação dos clientes sobre a qualidade do serviço de entrega, semelhante à registrada para motoristas do Uber e 99. “Realizamos nosso benchmarking com essas empresas de transporte urbano”, explica Mendes.

Aprovação pelo Cubo
A residência no Cubo, na avaliação do CEO, facilita o recrutamento de profissionais qualificados e dá mais credibilidade ao negócio. “Captar talentos é muito mais fácil porque já estamos dentro do ecossistema. Em Curitiba, os profissionais acabam priorizando vagas em empresas de grande porte”, compara o empreendedor.

Por meio do hub, a startup também está prestes a firmar parceria com um e-commerce “vizinho” de Cubo, cujo nome não foi revelado por Mendes. “No hub, basta um cafezinho com uma empresa para haver uma troca construtiva”, avalia o curitibano, que vai à sede do Cubo de duas a três vezes por mês.

Após uma rodada de investimento no ano passado, a Asap Log está captando dinheiro via venture capital para aumentar a capilaridade no país — passando de 25 para 29 cidades em um ano. “Em setembro, vamos chegar a Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Goiânia (GO)”, conta Mendes.”

FONTE: GAZETA DO POVO