nov 18

Startup japonesa cria máscara que traduz entre oito idiomas

C-Face Smart Mask não protege contra o Coronavírus, mas auxilia na comunicação do usuário

Já que o uso de máscaras se tornou algo essencial durante a pandemia, uma startup japonesa resolveu transformá-las em um acessório mais útil no dia-a-dia. Criada pela Donut Robotics, a C-Face Smart Mask é capaz de traduzir o que o usuário fala, em japonês, para sete outros idiomas: chinês, coreano, vietnamita, indonésio, inglês, espanhol e francês.

Apesar da aparência, a C-Face Smart Mask não protege contra o vírus causador da Covid-19, já que tem aberturas para ventilação na frente. Por isso a fabricante recomenda que ela seja usada sobre uma máscara cirúrgica ou descartável, como um acessório, e não como uma substituta.

Basta pressionar um botão na máscara para conectá-la a um smartphone onde roda o software de tradução. Além disso, ela pode ser usada para transcrição de texto e para amplificar a voz do usuário. Basicamente, ela funciona como um “microfone bluetooth”.

A ideia por trás do projeto veio de um robô chamado Cinnamon, que estava sendo desenvolvido pela Donut Robotics para auxiliar os viajantes no aeroporto de Haneda. Com a pandemia o projeto foi suspenso e a equipe foi forçada a pensar em algo que pudesse ser vendido durante uma pandemia.

Em junho, um rodada de financiamento coletivo na plataforma japonesa Fundinno arrecadou o equivalente a US$ 265 mil em 37 minutos. Segundo Taisuke Ono, CEO da empresa,
“foi muito surpreendente, porque normalmente seriam necessários três ou quatro meses para conseguir este dinheiro”. Uma segunda campanha, em Julho, arrecadou mais US$ 539 mil.

O primeiro lote de máscaras, com 5.000 a 10.000 unidades, deverá estar no mercado japonês em dezembro. Elas serão vendidas a US$ 40 ou US$ 50 cada, além da assinatura mensal do app de tradução.

FONTE: https://olhardigital.com.br/coronavirus/noticia/startup-japonesa-cria-mascara-que-traduz-entre-oito-idiomas/110369