jul 10

STARTUP APOSTA EM TECNOLOGIA VESTÍVEL PARA AJUDAR AS PESSOAS A MEDITAR

O aparelho Muse, agora em sua segunda versão, é vendido por R$ 1.000 pela Interaxon

Muse 2 é um aparelho que promete facilitar a meditação (Foto: Divulgação)

A meditação ajuda a reduzir o estresse e a relaxar – algo que muitas pessoas procuram hoje em dia. Entretanto, meditar pode ser difícil para muita gente. Elas tentam, mas logo se distraem e acabam desistindo.

A startup canadense Interaxon percebeu isso. O primeiro projeto da empresa, um aparelho para quem deseja mover objetos com a mente, não deu certo. Então eles decidiram se dedicar ao estudo da meditação.

A empresa recebeu um investimento de quase R$ 120 milhões e criou o Muse. O dispositivo, usado na cabeça, busca tornar a meditação mais simples, principalmente para iniciantes.

Por meio da leitura das ondas cerebrais, o Muse percebe se o usuário está concentrado ou distraído. Ele consegue isso por conta dos feedbacks instantâneos e usando sons reproduzidos por um aplicativo.

Agora, o aparelho está chegando à sua segunda geração. Com valor de US$ 250 (em torno de R$ 930), ele vem com ajustes nos receptores para captar movimentos corporais e batimentos cardíacos.

Depois da meditação, o usuário tem acesso a gráficos no aplicativo. O objetivo é fazer com que a pessoa entenda de forma concreta o processo da meditação, além de perceber os benefícios físicos e mentais.

FONTE: PEGN