abr 27

Starlink fecha primeiro contrato para banda larga via satélite em avião

Empresa de Elon Musk irá fornecer acesso em voos domésticos nos Estados Unidos e em voos internacionais para países na Oceania e na Ásia. Acesso será gratuito.

A provedora de internet Starlink, do bilionário – e agora novo dono do Twitter – Elon Musk, assinou o primeiro acordo com uma grande companhia aérea para oferecer acesso gratuito à banda larga aos passageiros. Com base no Havaí, a Hawaiian Airlines deve oferecer o serviço nas rotas domésticas nos Estados Unidos e nos principais voos para destinos na Oceania e na Ásia. Toda essa potência de internet via satélite tende a ser rápido o suficiente para elevar a experiência de conectividade a bordo, com direito a entretenimento e jogos online.

A empresa deve liberar o serviços em voos com as aeronaves Airbus A330, A321 Neo e Boeing 787-9 a partir de 2023. Os passageiros serão orientados a conectar celulares, notebooks e demais dispositivos eletrônicos ao Wi-Fi do avião. Não será necessário nenhum chip adicional e o acesso será gratuito.

A companhia do Havaí voa para diversos continentes — Foto: Digulgação/Hawaiian Airlines

Como a Starlink é líder no setor de prover internet via satélite, o experimento com a Hawaiian Airlines pode ser um primeiro passo para revolucionar o mercado. Apesar de voar para múltiplos destinos, a companhia aérea baseada no Havaí tem uma relevância limitada em relação à maiores empresas do setor. Não se compara, portanto, com as exigências para a operação de um projeto adotado pelas maiores companhias aéreas dos Estados Unidos.

A empresa de Elon Musk tem chamado a atenção do público nos últimos meses. A Starlink ofereceu sua rede de satélites para disponibilizar acesso à internet na Ucrânia durante a invasão russa.

Antena recebe sinal de internet da Starlink — Foto: Divulgação/Starlink

O provedor de internet lançou recentemente uma versão premium com promessa de velocidade maior que da fibra ótica. Ela pretende chegar às regiões mais remotas do planeta com um atendimento 24 horas por dia durante a semana inteira. No Brasil, a Anatel liberou o serviço de telecomunicações.

Atualmente existe uma acirrada disputado no campo da banda larga via satélite. Além da Starlink, o Projeto Kuiper também tenta levar acesso à internet para todo o planeta por meio de uma constelação de satélites. A iniciativa pertence a Jeff Bezos, o bilionário fundador da Amazon.

FONTE: https://www.techtudo.com.br/noticias/2022/04/starlink-fecha-primeiro-contrato-para-banda-larga-via-satelite-em-aviao.ghtml