abr 30

Solução da TOTVS Techfin permite integração de pagamentos via PIX sem necessidade de negociação com bancos

Tarifas reduzidas, funcionalidade 24 horas e transações instantâneas. O PIX, lançado em novembro do ano passado, impulsionou um aumento de 58% nas transações em tempo real realizadas no Brasil em 2020. De acordo com o relatório global da ACI Worldwide e GlobalData, o meio de pagamento desenvolvido pelo Banco Central já registrou 1,3 bilhão de operações.

Mas para algumas empresas, a facilidade de uso da plataforma digital pode esbarrar em sistemas de gestão que não estão plenamente adaptados ao novo método de pagamento/recebimento – ou não tiram o máximo de proveito dos seus benefícios. Mas e se houvesse uma ferramenta que fizesse a integração entre todas as transações PIX e as operações da empresa?

Essa é a ideia por trás do TOTVS Pagamento Instantâneo, uma solução one stop shop para transações via PIX da TOTVS Techfin. A ferramenta permite que empresas recebam pagamento de seus clientes via PIX, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas, sem precisar negociar taxas com os bancos – as tarifas competitivas são determinadas pela própria Techfin, o que torna o processo ainda mais simples, barato e ágil.

“Toda vez que um pagamento é realizado por uma empresa, ele tem que ser conciliado no final do dia. Sem uma solução dedicada, alguém vai ter que inserir os dados dessa transação manualmente nos sistemas no software de gestão. O diferencial do TOTVS Pagamento Instantâneo é que se a operação for realizada via PIX, ela já é conciliada no sistema de gestão”, explica Eduardo Neubern, diretor executivo da TOTVS Techfin.

Eduardo Neubern, diretor executivo da TOTVS Techfin. Foto: Divulgação/TOTVS

Totalmente integrado às demais soluções da TOTVS, a solução facilita o dia a dia das empresas, que precisarão lidar com um parceiro único para receber o PIX. “Como temos uma grande cartela de clientes, com mais de 40 mil empresas, conseguimos oferecer uma tarifa competitiva e liquidamos o PIX na conta que a empresa desejar, independente do banco”, afirma o executivo.

Todas as transações ocorrem diretamente entre clientes e financeiras, o que garante às empresas total controle e segurança das operações e dos dados. “Vemos grande potencial em setores como educação, varejo, saúde, manufatura e prestação de serviços em geral, que terão uma redução de custo nas transações, se comparado a outras opções como boleto bancário. E ainda uma experiência digital de compra e venda sem a fricção das demais alternativas disponíveis atualmente”, completa Neubern.

Eduardo Neubern, diretor executivo da TOTVS Techfin. Foto: Divulgação/TOTVS

O TOTVS Pagamento Instantâneo conta com um painel de controle no qual é possível realizar a gestão de quais chaves PIX serão utilizadas para quais estabelecimentos. “A gente resume numa única tela como está, por exemplo, o fluxo de caixa de qualquer empresa, de qualquer porte. Isso ajuda nosso cliente numa segunda etapa, que é a tomada de decisão com o auxílio da nossa ferramenta de inteligência artificial”, diz o executivo.

Sem custo de adesão, o TOTVS Pagamento Instantâneo também não cobra licença para uso. De acordo com Neubern, “a cada transação que o cliente realizar – às vezes ele vai ser o pagador, às vezes o recebedor – será cobrada uma tarifa. Então não tem nenhum tipo de licenciamento de software nem custo de manutenção. O cliente só paga quando usa”.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/04/30/pro/solucao-da-totvs-techfin-permite-integracao-de-pagamentos-via-pix-sem-necessidade-de-negociacao-com-bancos/