jul 03

Soldados americanos vão começar a usar “drones de bolso”

Os soldados do exército americano vão ser os primeiros a começar a usar “drones de bolso”. A tecnologia é tão pequena que cabe na palma da mão de uma pessoa.

 A tecnologia de drones está a evoluir a um ritmo avassalador. Além de se tornarem, mais rápidos, aumentarem a autonomia e terem novos propósitos, há agora uma nova melhoria. O exército americano desenvolveu drones minúsculos que cabem no bolso ou na palma da mão de um soldado.

A tecnologia será usada principalmente para reconhecimento de terreno. Em declarações ao site Stars and Stripes, um porta-voz do exército confirmou que os soldados americanos serão os primeiros a usar os “Black Hornets“, como são conhecidos, no Afeganistão.

Ao que tudo indica, os pioneiros serão o 508º Regimento de Infantaria de Paraquedas e, se tudo correr como planeado, a tecnologia pode alastrar-se às outras camadas do exército.

Com uma autonomia de voo de 25 minutos, os drones são praticamente silenciosos e altamente leves. Os testes já tinham começado em 2016, mas só agora serão implementados oficialmente em missões.

“Com este sistema, você pode identificar os inimigos, pode procurar por dispositivos explosivos improvisados na sua rota”, disse Kristian Molander, supervisora e operadora da FLIR, a empresa responsável pela criação dos drones. “Se estiver sob fogo em áreas que não pode ver, use este sistema para identificar coisas antes de entrar na linha de fogo“, explicou.

O drone é controlado por um comando sem fios e a informação enviada entre o drone e o soldado é toda encriptada para proteger contra ataques informáticos.

FONTE: ZAP AEIOU