maio 16

Sem humanos: China usa robôs e impressão 3D para construir barragem

Barragem de Yangqu usa tecnologia de IA para ser erguida na China Imagem: Reprodução

Cientistas chineses pretendem usar Inteligência Artificial (IA) e impressoras 3D para construir uma barragem no Planalto Tibetano, no sudoeste da China, sem mão de obra humana. A execução está descrita em um artigo publicado em abril no Journal of Tsinghua University (Ciência e Tecnologia).

Com altura estimada de 180 metros, a usina hidrelétrica de Yangqu será construída camada por camada, assim como é feito em uma impressão 3D. Para isso, serão usados escavadeiras não tripuladas, caminhões, tratores, pavimentadoras e rolos controlados por IA.

A linha de montagem automatizada será supervisionada por um sistema central de inteligência artifical. Segundo os cientistas, a frota de veículos autônomos será capaz de localizar os materiais da obra e transformá-los em uma camada da estrutura da barragem. Em seguida, rolos automatizados equipados com sensores pressionarão cada camada, até se tornarem firmes e duráveis.

Quando uma camada estiver pronta, informações sobre o estado da construção serão enviadas por robôs de volta ao sistema de IA, que computará o progresso da construção.

Processo delicado ainda em mãos humanas

No entanto, nem toda a construção será realizada por máquinas, disseram os pesquisadores. Por se tratar de uma tarefa complexa, a mineração de rochas será feita manualmente.

O uso de robôs e de um sistema de IA é uma maneira de não haver erros humanos, como quando caminhoneiros entregam o material no local errado ou quando operadores de rolo não conseguem seguir uma linha reta, disse o principal autor da pesquisa Liu Tianyun, da Universidade de Tsinghua, ao site asiático South China Morning Post.

De acordo com os cientistas do projeto, essa tecnologia também poderá ser usada em diversos outros projetos de infraestrutura, como construção de aeroportos e estradas.

Maior construção do mundo por impressão 3D

O ambicioso projeto, ao ser finalizado, provavelmente, tornará a usina hidrelétrica de Yangqu a estrutura mais alta do mundo construída por impressão 3D. Atualmente, o recorde fica com um prédio de escritórios de dois andares em Dubai, que tem 6 metros de altura.

Não se sabe ao certo como anda o progresso da barragem, mas segundo o South China Morning Post, de acordo com relatos da mídia estatal, o trabalho começou no final do ano passado na prefeitura autônoma tibetana de Hainan, província de Qinghai.

Segundo os cientistas, a barragem de Yangqu será capaz de fornecer cerca de cinco bilhões de quilowatts-hora de energia todos os anos à China.,

FONTE: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2022/05/14/china-robos-impressao-3d-barragem.htm