nov 05

Saiu do chão: carro voador fica no ar por um minuto durante voo teste

De acordo com a KleinVision, versões do denominado AirCar com três e com quatro assentos poderiam entrar em produção, além de um modelo com dois motores

Não é de hoje que muitas empresas e startups arriscam projetos de carros voadores. Porém, nada concreto chegou a acontecer. Agora, a marca eslovaca KleinVision traz sua aposta neste segmento: o AirCar.

O novo protótipo foi projetado por Stefan Klein, autor de outro projeto de carro voador divulgado em 2018, o AeroMobil. Se depender do voo teste realizado, o AirCar parece funcionar muito bem, como pode ser visto no vídeo a seguir:

Quando acionado o “modo de voo”, a parte traseira do carro se estende e asas se dobram para cima e para fora. No entanto, detalhes como a fonte de energia usada para voar, bem como quais velocidades o veículo alcançará na terra e no ar não foram divulgados.

Apesar de não revelar se, de fato, comercializará a máquina, a KleinVision afirmou que versões com três e com quatro assentos poderiam entrar em produção, além de um modelo com dois motores. Uma terceira opção também é considerada e incorporaria o necessário para fazer do veículo um anfíbio.

Carro voador japonês

O Japão também está empenhado em inovar neste segmento. Há poucos meses, a SkyDrive fez um voo de teste bem-sucedido de uma espécie de carro voador. Mas, diferente do carro eslovaco, o veículo se manteve no ar por cerca de quatro minutos em alturas que variaram entre um e dois metros.

Carro voador japonês chegou a ficar no ar durante quatro minutos. Foto: SkyDrive / Cartivator

Por enquanto, o projeto possui capacidade de voar por pouco tempo, entre cinco e dez minutos. No entanto, a expectativa da empresa é que, em breve, esse tempo chegue a 30 minutos, o que pode fornecer a possibilidade de pequenas viagens.

A companhia japonesa espera que o carro voador possa ser transformado em um produto real até 2023.

FONTE:https://olhardigital.com.br/carros-e-tecnologia/noticia/saiu-do-chao-carro-voador-fica-no-ar-por-um-minuto-durante-voo-teste/109833