nov 09

Ripio escolhida como uma das top 100 fintechs do ano pela KPMG

Empresa reforça posição como uma das 100 fintechs mais inovadoras em relatório divulgado em outubro deste ano

Empresa reforça posição como uma das 100 fintechs mais inovadoras em relatório divulgado em outubro deste ano

São Paulo, novembro de 2018 – De acordo com o relatório Fintech100 divulgado recentemente pela KPMG, rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory, que está entre as quatro maiores empresas contábeis especializadas em auditoria e consultoria do mundo, a Ripio, carteira digital mobile para serviços financeiros, ficou entre as cem melhores e mais inovadoras fintechs do mundo.

Com mais de 220.000 usuários e atuação na Argentina, Brasil, Chile e México, a Ripio tem como objetivo democratizar o acesso à economia digital na América Latina. Por meio dos serviços oferecidos, é possível comprar e vender bitcoins de maneira simples, intuitiva e com total segurança.

A empresa também foi considerada uma das fintechs mais inovadoras do ano 2017 pela Interbrand.

Um total de 16 startups relacionadas a criptomoedas e blockchain foram selecionadas na Fintech 100. As empresas na lista de 2018 levantaram mais de US $ 52 bilhões em capital de risco, mais do que o dobro da lista do ano anterior e mais mais de US $ 27 bilhões de capital nos últimos 12 meses, um aumento de 366% em relação ao ano passado.

Em termos de grandes rodadas de financiamento, 26 empresas captaram US $ 100 milhões nos últimos doze meses. Os 50 principais levantaram mais de US $ 1 bilhão nos últimos 12 meses.”

O estudo foi divido em duas partes. As 50 primeiras empresas foram escolhidas com base em inovação, rodadas de financiamento, tamanho, área de atuação e poder de influência. A segunda parte apresenta 50 startups emergentes, que estão na vanguarda de tecnologias de inovação e em busca de novos modelos de negócios propostos ou adotados.

 “Ficamos todos muito felizes em ter a Ripio entre as 100 melhores fintechs do mundo. Desde que foi fundada, a nossa missão sempre foi usar inovação e tecnologia para tornar serviços financeiros mais acessíveis e esse reconhecimento nos mostra que estamos no caminho certo”, afirma o Country Manager da Ripio, Fernando Bresslau.

 Outra novidade da semana é que Bresslau foi convidado para fazer parte do Comitê Gestor da ABCripto (Associação Brasileira de Criptoeconomia). A entidade, recém-criada no mercado, tem como objetivo unificar as discussões sobre blockchain e criptoeconomia.

Formado pela Universidade de São Paulo em Engenharia Naval, Bresslau tem experiência em tecnologia, operações, e gestão de portfólio, tendo se especializado em Venture Capital, startups e criptomoedas.

“É uma honra ser convidado para participar do comitê da ABCripto, podendo participar mais ativamente das discussões de mercado que serão propostas.”, comenta Bresslau. “A Ripio também é membro da ABCB (Associação Brasileira de Criptomoedas e Blockchain) pois acreditamos que a criptoeconomia tem que se organizar e unir para desencadear o potencial do blockchain no Brasil. Vemos as atuações das duas associações como fortemente complementares e queremos contribuir ao máximo com ambas.”, finaliza.

 FONTE: LIVES COIN