out 16

A Renault iniciou o seu primeiro ensaio público de Taxi Autónomo

Até 8 de novembro, em todo o campus universitário de Paris-Saclay, um grupo de 100 pessoas vai utilizar o serviço a pedido de automóveis autónomos da Renault como parte do projeto “Laboratório Autónomo de Paris-Saclay” da marca.

Este serviço diurno, usando protótipos Renault ZOE Cab elétricos, autónomos e partilhados, permitirá que os participantes se movimentem livremente pelo campus urbano de Paris-Saclay, para mobilidade diária.

O serviço dos Zoe Cab será executado de segunda a sexta-feira, das 11h às 18h, para melhor coincidir com as necessidades dos utilizadores, com recurso a dois veículos que percorrerão o perímetro urbano da zona de Paris-Saclay.

Os veículos preparados para este teste Zoe Cab apresentam-se em duas versões:

. A primeira com uma grande porta de asa dianteira que mede o comprimento do interior do ZOE, permitindo acesso imediato aos bancos dianteiro e traseiro. Uma seção isolada do resto do interior do carro para o oficial de segurança, para que os passageiros tenham um vislumbre do futuro da mobilidade autônoma – sem operador nem motorista a bordo. Assentos do carro equipados com écrans individuais, alto-falantes e pontos USB, projetados para criar um compartimento privado para cada passageiro.

Uma segunda versão cabine ZOE equipada com uma porta traseira maior do lado direito para facilitar o acesso ao carro. A porta está localizada à direita para garantir a entrada e saída seguras do carro (somente no lado da calçada). Um interior modificado com o banco do passageiro dianteiro voltado para trás, para que os passageiros circulem frente a frente e écrans dentro do carro para todos os passageiros.

Em simultâneo será testada uma aplicação de smartphone para facilitar a reserva do serviço quando necessário ou com alguma antecedência: os utilizadores indicam a sua posição, destino e quantos passageiros. Caso seja necessário o ZOE Cab para no percurso para recolher outro passageiro durante o restante da viagem ou apenas uma parte.

Dependendo da localização do passageiro quando faz a reserva, a aplicação indica e direciona para o ponto de encontro mais próximo e fornece um tempo estimado de chegada do transporte. O serviço foi projetado para fornecer uma cobertura considerável do campus, com 12 pontos de coleta / entrega, escolhidos pela proximidade às áreas mais frequentadas e de conveniência.

FONTE: AUTONEWS