nov 11

Question Mark, de iogurtes naturais, capta R$ 1,7 milhão e faz sucesso no crowdfunding

Pela plataforma de financiamento coletivo Kria, startup atraiu 185 investidores, entre empresas e pessoas físicas.

Question Mark: fabricante de iogurtes plant-based capta R$ 1,7 milhão (Question Mark/Divulgação)

A fabricante de iogurtes naturais e à base de plantas Question Mark concluiu uma rodada de financiamento coletivo de R$ 1,7 milhão. A captação aconteceu pela plataforma Kria, e marca um novo momento para o mercado de crowdfunding no Brasil, com a inclusão de novas rodadas adicionais para investidores interessados e a fusão entre empresas e pessoas físicas em um único round.

O que faz a Question Mark

Fundada no início de 2021, a Question Mark fabrica alimentos plant-based (à base de plantas), tendo o iogurte natural como seu carro-chefe. As matérias-primas utilizadas pela startup incluem produtos como côco, inhame e castanha de caju.

Atualmente em 10 pontos de venda em São Paulo, a Question Mark vende um produto com aceitação de 80% dos consumidores, segundo o fundador Pedro Campos. Segundo o fundador, a exposição dos produtos em redes parceiras e vitrines de “alimentação saudável” ajudou a marca a entender sua aceitação e também prepará-la para uma expansão local. “Nesse último ano, esse foi o nosso grande teste de viabilidade, e por onde tiramos insights muito valiosos”, diz.

Um dos principais diferenciais da empresa está na tecnologia de produção. A Question Mark fabrica seus iogurtes em nanofábricas, plantas de 67 metros quadrados com capacidade de produção de leite equivalente a mil vacas.

A incursão de nanopartículas nos produtos também promete melhorar a saudabilidade dos produtos. Trata-se de uma inovação no mercado brasileiro, mas uma realidade em ascensão na Europa, segundo o CEO. “Esse é um viés de tecnologia evolutiva que sempre fez parte do que tentamos ser e entregar”, diz.

 A rodada da Question Mark

A captação via equity crowdfunding da Question Mark aconteceu por meio da Kria, uma das primeiras plataformas do gênero no país. Ao todo, participaram 185 investidores na rodada, entre pessoas físicas e empresas, somando 1,7 milhão de reais. Entre os participantes está o fundo carioca Equity Rio, que já investiu em empresas como Ramper e Iugu.

Essa é a primeira vez que a Kria estende uma rodada, criando um lote adicional para a entrada de investidores que ficaram de fora de uma captação num primeiro momento — uma movimentação recentemente validada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“Sem dúvida foi uma maneira de mostrar o valor da Question Mark para a comunidade, mas também da comunidade para a própria Question Mark”, diz Camila Nasser, CEO do Kria. “Estamos diante de um mercado completamente novo”, diz.

Essa não é a primeira captação da empresa, que em dezembro de 2020 levantou R$ 1,9 milhão, também via crowdfunding com investidores como Next.Co, Distrito Ventures, Norte Ventures, Play Ventures e importantes investidores-anjo do ecossistema. A avaliação de mercado da Question Mark é de R$ 13,5 milhões.

FONTE: https://exame.com/negocios/question-mark-iogurtes-naturais-capta-1-milhao-crowdfunding/