out 25

Paróquia da Lagoa instala sistema híbrido de geração de energia eólica e solar

A Paróquia de São José da Lagoa inaugurou, nesta quinta-feira, um sistema híbrido de geração energia eólica e solar. Os painéis solares que formam uma cruz no teto da igreja agora ganharam a companhia de uma turbina que pode gerar até 4,5 quilowatt-hora. Todo o sistema será capaz de reduzir em até 50% o consumo de energia elétrica da paróquia.

A projeção é que todo o custo dos equipamentos possam ser diluídos na economia das contas de luz em cerca de cinco anos. Além de diminuir o consumo da igreja, a ideia é usar o espaço como uma vitrine do sistema para ser replicados em todo o Rio de Janeiro.

— A igreja é um local onde existem muitas atividades e um bom local para montar uma vitrine com boas mensagens. Só na paróquia a previsão é de economizar até R$ 25 mil por ano — contou Alexandre Pinhel, engenheiro da Maelstrom Alexandre Pinhel e idealizador do projeto.

A iniciativa da geração de energia elétrica da Paróquia de São José da Lagoa é só um dos muitos projetos desenvolvidos pelo padre Omar no local que visa atender os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) idealizado pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Para o pároco a ideia de sustentabilidade ultrapassa a questão ambiental. Ele explica que é preciso englobar um tripé: a realidade econômica, o desenvolvimento social social e o meio ambiente:

— Sem essas três pontas amarradas não é possível ter um desenvolvimento sustentável. . Queremos criar a atmosfera de bons exemplos para que outras instituições se inspirem e invistam na busca de soluções— contou padre Omar.

Entre as outras iniciativas da paróquia para tentar englobar o “tripé-sustentável” está o desenvolvimento de uma “bicicleta regadora”, a montagem da árvore de natal exclusivamente com material reciclável, cursos de qualificação de mão de obra e até o uso de um barco movido a energia solar.

FONTE: EXTRA