jul 23

Pão de Açúcar inaugura horta vertical para vender hortaliças ultrafrescas

Projeto “Horta do Pão” traz temperos e folhagens cultivados em aquaponia.

Imagine entrar em um supermercado e encontrar uma horta natural, repleta de produtos ultrafrescos e prontos para serem colhidos na hora, poucos momentos antes de serem levados para casa e consumidos. Pois isso já é realidade no Pão de Açúcar. A rede é a primeira grande varejista a trazer uma iniciativa, desenvolvida em parceria com foodtech que projetam e executam o conceito de uma horta vertical dentro de uma loja. Chamado de “Horta do Pão”, o projeto está em teste na loja laboratório da rede da Real Parque, localizada na cidade de São Paulo – nela, o Pão de Açúcar tem testado diversas frentes para aprimorar a experiência de compras do cliente, muitas delas utilizando tecnologias desenvolvidas em parcerias com startups.

A startup parceira é a BeGreen – responsável pela primeira fazenda urbana da América Latina. Dentro do projeto, as hortaliças são produzidas por meio da aquaponia, processo de agricultura que associa o cultivo de hortaliças com a criação de peixes, gerando a economia de até 90% de água. Por meio desse sistema, a água conta com mais nutrientes para o cultivo das plantas e permite que todo o processo seja realizado sem o uso de agrotóxicos. Já quando chegam ao ponto de venda prontas para a colheita, as hortaliças são conservadas em um sistema hidropônico – técnica de produção de plantas sem solo – dentro do formato de horta vertical, que mantém as hortaliças vivas até depois da colheita e garante, portanto, a qualidade e a crocância das folhas até o momento do consumo.

“A parceria com a BeGreen traz uma inovação sobre a forma como os alimentos são produzidos, entregando uma opção sustentável e mais saudável, totalmente alinhados ao DNA da nossa marca, trazendo ainda um custo competitivo ao consumidor”, detalha Illan Israel, gerente de Inovação do Pão de Açúcar. Hoje, estão disponíveis cinco tipos de hortaliças. As hortas contam com alface baby crocante, alface baby lisa, agrião, rúcula e folha de beterraba. Os produtos são vendidos com duas unidades e custam R$ 6,99 cada buquê.

O cuidado com o desperdício de alimentos é outro diferencial da “Horta do Pão”. “O projeto reforça, principalmente, o conceito de sustentabilidade. Primeiramente porque reduz a distância entre os produtores e o ponto de venda, o que evita a perda no processo logístico. Segundo, porque os métodos de cultivos ajudam a manter o produto vivo, e consequentemente fresco por mais tempo, evitando a necessidade de refrigeração” explica Israel. A “Horta do Pão” também está em testes em outra unidade laboratório do Pão de Açúcar no Jd. Paulista, com a startup Aguapé, que participou da 1ª edição do Pitch Day do GPA (grupo controlador do Pão de Açúcar).

FONTE: CICLO VIVO