maio 23

Os três momentos da transformação digital: onde seu e-commerce está?

Muito se falou de transformação digital e, com a pandemia, essa transformação se intensificou ainda mais.

Mas o que implica a transformação digital? Nada adianta inovar e automatizar seus processos sem pensar em quais objetivos quer alcançar e qual dor você busca solucionar.

Dessa forma, podemos dividir a transformação digital em três momentos principais.

É sobre isso que vamos falar neste artigo e te ajudar a entender em qual contexto se encontra o seu e-commerce.

A transformação digital

Transformação digital nas empresas implica no uso inteligente da tecnologia voltada às pessoas, seja para clientes ou membros da organização.

A tecnologia deve ser empregada para otimizar processos, reduzir custos e aumentar as vantagens competitivas da empresa.

Por isso, de nada adianta implementar uma nova tecnologia porque todos estão adotando esse método. É preciso avaliar se a solução faz sentido para o seu negócio e para todos envolvidos nele. Afinal, a tecnologia veio para diminuir atritos na jornada de compra e venda.

Vamos pensar no exemplo prático do atendimento: antes tínhamos que ligar e ouvir as músicas de espera, enquanto hoje podemos acessar um chat e resolver nossas dúvidas quase imediatamente.

Por isso, antes de implementar qualquer nova tecnologia no seu e-commerce, pense em três perguntas básicas: qual problema ela irá resolver? Quem será afetado com essa transformação? Qual processo a tecnologia irá otimizar?

Pensando nessa questão, separamos a transformação digital em três momentos diferentes, que vamos contar mais a seguir.

Quais são os três momentos da transformação digital?

As empresas que estão surgindo já nascem completamente digitais, porém as que estão no mercado têm um caminho mais longo rumo à transformação digital.

Temos aquelas que demoraram a automatizar seus processos e, em contrapartida, as que foram pioneiras em seus mercados. Um exemplo disso é o Mercado Livre, que trouxe inovações para o mercado de venda online. Outro grande exemplo é o Shopee, que nasceu completamente digital.

Os três momentos da TD são caracterizados por essa questão de em qual nível de transformação as empresas se encontram.

1º momento: quem está começando a transformação

O primeiro momento da transformação digital inclui as empresas que estão começando a transformar seus processos digitalmente.

Normalmente são micro e pequenas empresas, além de empresas mais antigas ou familiares.

São aquelas não viam necessidade na transformação digital, mas que, com a pandemia e a concorrência, começaram a sentir que precisavam entrar na onda do digital.

2º momento: já se transformou parcialmente

O segundo momento é característico daquelas empresas que já transformaram um ou mais processos e estão começando a olhar para detalhes dos processos.

Um exemplo é a integração de plataformas e processos que foram digitalizados.

Aqui podemos trazer como exemplo uma empresa que automatizou o processo de gestão de estoque através de um ERP e também o atendimento, através de um chatbot, e que agora busca integrar essas duas ferramentas para obter o melhor de cada uma delas.

3º momento: buscando novas melhorias

No terceiro momento da transformação digital, temos as empresas que já transformaram quase 100% dos seus processos e agora estão buscando melhorias para essas ferramentas.

Nesse momento, já vivenciamos uma evolução da transformação digital. É onde começam a surgir pequenos detalhes no cotidiano da empresa, mas que, se não forem solucionados, podem trazer situações complexas para o negócio e, assim, a perda de competitividade.

O que é a evolução digital

A evolução digital começa quando os negócios começam a identificar gaps em questões como atendimento, backoffice e compliance.

Essa evolução digital não se aplica apenas a ferramentas digitais, mas também a processos e gestão interna da empresa. Trata de questões como centralização de informações, acessibilidade e experiência do cliente.

Um exemplo é o Grupo JK, uma concessionária de veículos que na pandemia sentiu a necessidade de digitalizar seu processo de vendas. Como se trata de uma venda complexa, eles criaram a Maju, uma recepcionista digital. A Maju faz o primeiro contato com o cliente, identificando suas demandas e encaminha para o vendedor seguir com a tratativa da venda. Além de oferecer a melhor experiência, o grupo conseguiu centralizar os atendimentos que antes poderiam ficar perdidos no WhatsApp pessoal dos vendedores.

Outro grande exemplo é o iFood, que nasceu completamente digital. Porém, na gestão interna do seu processo de onboarding de novos colaboradores, eles encontraram um atrito. Era necessário que uma pessoa ligasse para todos os novos funcionários da empresa. Isso gerava um trabalho manual enorme e causava má experiência aos novos colaboradores, que muitas vezes nem atendiam por pensarem ser “telemarketing”.

A solução encontrada foi digitalizar o processo através da criação de um chatbot no WhatsApp da empresa. Lá eles centralizaram todas as informações necessárias ao onboarding e passaram a oferecer um canal aberto caso os colaboradores tivessem alguma dúvida no processo.

Ficou clara a diferença entre os momentos da transformação digital? Em qual momento seu e-commerce se encontra? Em todas as etapas da transformação, a sua empresa irá encontrar desafios. Mas, para que se torne mais fácil contorná-los, é necessário ter em mente as questões que citei acima, que são: qual é o seu objetivo? Qual é a dor que a tecnologia visa a tratar? Sabendo essas respostas, você consegue dar foco e transformar o processo através da tecnologia ideal para sua empresa.

FONTE: https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/momentos-da-transformacao-digital/