dez 14

Opinião. Um ecossistema Vivo e com futuro

Esta edição especial não é só dedicada ao futuro, mas ao presente. Para assinalar o 6.o aniversário do Dinheiro Vivo escolhemos analisar os temas da Inteligência Artificial, robótica e tecnologias Esta edição especial não é só dedicada ao futuro, mas ao presente. Para assinalar o 6.o aniversário do Dinheiro Vivo escolhemos analisar os temas da Inteligência Artificial, robótica e tecnologias. O mundo está a mudar e o Dinheiro Vivo também, ousando apontar caminhos, divulgando tendências e casos sucesso, de startups e grandes empresas que, com talentos nacionais, produzem soluções de excelência. Casos que aqui partilhamos de forma construtiva, sublinhando o que Portugal faz bem, mas também apontando o que poderia fazer ainda melhor.

Com a consciência da ameaça que as máquinas poderão trazer aos empregos, mas também com a certeza de que não valerá a pena tentar parar o vento com as mãos, optámos por encarar a temática de frente e, com otimismo, perspetivar a capacidade produtiva que as máquinas nos poderão trazer e uma nova era na qual os homens e as mulheres poderão gastar menos tempo em tarefas rotineiras e investir mais tempo em projetos criativos e de alto valor acrescentado. E, já agora, dando mais espaço para o lazer e, acima e tudo, para a família. Esta 4.ª revolução industrial não se faz sem talentos, motivo pelo qual elegemos como parceiro para esta discussão o Instituto Superior Técnico, de onde saem alguns dos melhores engenheiros do país. A conferência de aniversário contou também com o apoio da consultora PwC que partilhou o seu know how. E com a Delta Q e outras empresas que quiseram abraçar e expor as suas criações tecnológicas. Agradeço a todos os que continuam a acreditar no jornalismo independente e nesta marca de informação. Agradeço à equipa do Dinheiro Vivo que todos os dias se dedica, com paixão, a esta causa: o jornalismo.

FONTE: Por Rosália Amorim em 09 de Dezembro de 2017