ONU irá usar robôs para atingir metas globais; entenda

Organização planeja mostrar potencial de humanoides no AI for Good Global Summit 2023.

Organização das Nações Unidas (ONU) está recrutando dezenas de robôs, incluindo humanoides (que lembram um humano), para ajudá-la a alcançar uma série de metas globais definidas em 2015 na cartilha Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que visa melhorar a vida humana e o planeta até 2030.

Segundo informações da Reuters, o braço de tecnologia da organização, a União Internacional de Telecomunicações (ITU), fará uma conferência sobre inteligência artificial (IA) na Suíça, na qual irá apresentar os dispositivos e todo o potencial das máquinas.

A ideia é mostrar suas capacidades, oportunidades e desafios para iniciar um diálogo global sobre robótica para o bem.

Frederic Werner, chefe de engajamento estratégico, no ITU Telecommunication Standardization Bureau. 

Entre as estrelas robóticas estão as com habilidades cuidadoras, como ‘Nadine’, um robô social que simula emoções e ‘lembra’ das pessoas — habilidades que já colocou em prática com residentes de asilos.

Para Werner, robôs irão decolar nos próximos cinco anos da mesma forma que a IA generativa por trás de bots como o ChatGPT.

Você tem o ponto de inflexão em que a ciência dos materiais, a duração da bateria, a conectividade de rede, a IA e o aprendizado de máquina, todas essas coisas convergirão para basicamente tornar a robótica mais acessível do que é agora.

O que mais você precisa saber: 

  • O evento, chamado AI for Good Global Summit 2023, acontecerá nos dias 6 e 7 de julho e espera receber até 5.000 pessoas;
  • Haverá um painel de robôs respondendo a perguntas de jornalistas na sexta-feira (6), essa será a primeira conferência de imprensa humano-robô do mundo;
  • A ITU reúne 193 países e mais de 900 organizações, incluindo universidades e empresas como Huawei Technologies e Google.

Vale pontuar que este não é o primeiro projeto da ONU com IA aplicada ao bem global. O projeto HungerMap do Programa Mundial de Alimentos, por exemplo, reúne dados para identificar áreas que estão avançando para a fome. Agências da organização também estão desenvolvendo caminhões com controle remoto para entregar ajuda de emergência em zonas de perigo.

FONTE:

https://olhardigital.com.br/2023/07/05/ciencia-e-espaco/onu-ira-usar-robos-para-atingir-metas-globais-entenda/