mar 09

O agro é mais tech

Da roupa que vestimos à comida que ingerimos o agronegócio está presente. É um segmento importante para a nossa economia, por vários motivos. Agora também pela criação e exportação de tecnologia de ponta! Nossas agtechs e biotechs deveriam ser estratégicas para o país e nos encher de orgulho, afirma Fernando Martins, Digital Transformation Advisor da Advent International. Abre a porteira aí e vem com a gente desbravar esse mundão!

Você presta atenção no que acontece fora da rede da empresa, onde os ataques costumam ser arquitetados? É nas tão faladas deep web e dark net que acontecem o planejamento de ciberataques, venda de informações confidenciais e códigos-fonte, divulgação de dados sigilosos de executivos, entre outras coisas.

Existem soluções que atuam especificamente neste universo, como a Cyber Intelligence, da Embratel. A ideia é que as empresas tenham informações relevantes de inteligência em tempo real para se proteger contra as ameaças, além de identificar áreas de oportunidade para melhorar o seu nível de proteção. A solução opera fora da organização e não é necessário instalar nada no data center. Depois de ajustar os filtros de segurança, em menos de 24 horas o Centro de Cibersegurança pode começar seu trabalho.
Para saber mais, visite o site embratel.com.br/cyberintelligence .

FONTE: B9