jun 20

Número de fintechs latinas cresce 112% em três anos, diz estudo

O número de startups financeiras na América Latina chegou a 2.482 no final de 2021, segundo estudo realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a consultoria e aceleradora de startups Finnovista. De acordo com os dados, adiantados pelo Estadão, o número de fintechs cresceu 112% desde 2018, quando havia 1.166.

O aumento de empresas foi impulsionado pelo Brasil, pois 31% das fintechs da região nasceram no país. Em três anos, o número de startups do ramo passou de 464 para 771. O segundo lugar é do México, com 21%, seguido de Colômbia (11%), Argentina (11%) e Chile (7%).

O levantamento mostra que este setor continua sendo a vedete das empresas emergentes de tecnologia, que vêm atraindo mais investimentos em todo o mundo. As fintechs da América Latina representam 22,6% do total de 11 mil empresas do segmento no globo.

Nubank continua sendo o exemplo máximo de fintech latina de sucesso (Imagem: Divulgação/Nubank)

A brasileira Nubank continua sendo o exemplo máximo de fintech latina de sucesso. Nascida em 2013, ela também atua no México e na Argentina e abriu capital no fim do ano passado. Embora suas ações tenham desvalorizado nos últimos meses, a empresa continua sendo uma das líderes do setor.

De acordo com o estudo do BID, 70% das fintechs da América Latina atuam apenas em um país. Outras 12% atuam em dois países, e 7%, em três. As com presença em quatro países ou mais são apenas 9%, o que mostra uma internacionalização ainda baixa do setor na América Latina.

FONTE: https://canaltech.com.br/startup/numero-de-fintechs-latinas-cresce-112-em-tres-anos-diz-estudo-218814/